18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Inglesas jogarão semifinal com estádio contra diante da Austrália

- setembro - 2023
IMAGO / Uk Sports Pics Ltd

A expectativa é que 75 mil pessoas marquem presença no Estádio Olímpico de Sidney

A Inglaterra, uma das seleções favoritas para o título da Copa do Mundo Feminina 2023, vai encarar a Austrália. O duelo das semifinais acontece nesta quarta-feira (16), às 7h, horário de Brasília O palco será o Estádio Olímpico de Sidney, na cidade australiana de mesmo nome. Além de encarar uma adversária de qualidade, que vem motivada, a seleção inglesa terá mais um obstáculo para superar. Trata-se da torcida.

As Matildas vêm jogando como o apoio gigantesco da sua torcida. São esperados 75 mil torcedores no estádio.

“Esta noite nós pudemos ouvir a torcida colombiana, foi incrível, tão barulhenta e animada, foi difícil para nós. A Austrália, claro, vai ter muita torcida também, mas com certeza estamos preparadas. Vamos tentar nos bloquear contra isso, e nossa torcida também vai estar lá nos apoiando”, disse a meia-atacante Ella Tonne após a vitória de 2 a 1 sobre a Colômbia no duelo das quartas de final.

As inglesas sabem bem o que é jogar com a torcida a seu favor. No ano passado, dentro de casa, elas conquistaram o título da Eurocopa. Na ocasião, a vitória na final foi de 2 a 1 sobre a Alemanha, no Estádio de Wembley, em Londres.

“Nós sabemos como é importante quando você é o país sede, eu sinto que muitas vezes nesta Copa nós tivemos a torcida contra nós, então estamos definitivamente acostumadas com isso”, disse Ella Tonne.

Destaque das Matildas

Do outro lado do confronto, uma jogadora australiana tem se destacado nesta Copa do Mundo Feminina. É a goleira Mackenzie Arnold, de 29 anos. Ela defendeu pênaltis na disputa contra a França, nas quartas de final. Na ocasião, a Austrália venceu por 7 a 6, depois do tempo normal e da prorrogação.

“Fico feliz de ter conseguido fazer isso pelas garotas. Infelizmente errei a minha cobrança, o que é um pouco decepcionante. É uma coisa que provavelmente vou ter que repensar. Mas como disse, estou feliz de ter conseguido fazer o que devia pelas garotas e o fato de terem me apoiado quando errei foi uma coisa incrível da parte delas”, disse Arnaldo em entrevista ao site oficial da FIFA.

Para a goleira, é possível, sim, a Austrália conseguir agora em 2023 o seu primeiro título de Mundial.

“Acho que podemos ser campeãs. Não acho que ninguém estaria aqui se pensasse que não tem condições de ser campeão. Tentamos encarar um jogo de cada vez. Vamos comemorar um pouquinho, mas a situação muda rápido e, por isso, vamos analisar o jogo e nos preparar para o próximo.”

Histórico do confronto direto

No meio desta semana, não será a primeira vez que australianas e inglesas se encontrarão dentro das quatro linhas. Anteriormente, quatro jogos foram realizados entre as duas seleções. A formação da Oceania teve uma vitória, enquanto a da Europa venceu em duas oportunidades. Também foi registrado um empate.

O último jogo aconteceu em 2023, no mês de abril. Na ocasião, válida por um duelo amistoso, a Austrália levou a melhor, vencendo pelo placar de 2 a 0. Este encontro foi realizado em solo britânico, no Gtech Community Stadium, na capital Londres.

Leandro Gaignoux
256 artigos
Graduado em 2013, Leandro é um jornalista apaixonado por esportes. Iniciou sua trajetória profissional na Super Rádio Tupi, do Rio de Janeiro, no Departamento de Esportes, em 2011, ainda como estagiário. Dois anos mais tarde, trabalhou na editoria de Cidade/Geral do Portal Manchete On-line. Desde 2017, atua como redator no fascinante mundo das apostas esportivas. Começou a colaborar para o Apostagolos em 2022.
Publicado em Notícias marcados

Artigos mais recentes

Jorge Sampaoli não é mais o técnico do Flamengo

Mano Menezes é o novo técnico do Corinthians