18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Brasil retorna no domingo da Copa do Mundo Feminina

Gabi Nunes do Brasil durante a partida de futebol da Copa do Mundo Feminina da FIFA entre Brasil e Panamá no Estádio Hindmarsh em Adelaide
França x Brasil pela Copa do Mundo Feminina/ IMAGO / AAP

Volta será feita em voo fretado pela CBF.

A eliminação da Seleção Brasileira na Copa do Mundo Feminina 2023 aconteceu na quarta-feira (2). No entanto, a delegação vai voltar para o Brasil somente no domingo, dia 6 de agosto. O retorno será feito por meio de um voo fretado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A informação foi divulgada pelo portal GE.

Só que a CBF liberou jogadoras e integrantes da comissão para voltarem anteriormente, caso queiram, em voos comerciais. A técnica Pia Sundhage e as suas auxiliares, por exemplo, voltaram nesta sexta-feira (4). Elas não foram para o Brasil, mas, sim, para a Suécia, o seu país natal.

A atacante Marta também não vai ficar na Austrália até domingo. O retorno dela será antes, diretamente para os Estados Unidos, onde joga, no Orlando Pride, e mora. A jogadora deve ser apresentar ao seu time para jogar, pois o campeonato norte-americano não foi paralisado durante a disputa do Mundial. Outras atletas também não ficaram até o fim de semana para o retorno.

A delegação continua em Melbourne, cidade onde ficou sediada durante toda a disputa do Grupo F, pela primeira fase da Copa. Foi necessário ser feita uma troca de hotel.

Como a logística para a disputa da competição é grande, não foi possível antecipar o retorno para o Brasil. A expectativa de todos é que a Seleção Brasileira conseguisse avançar para a disputa das oitavas de final.

Como foi a campanha do Brasil na Copa?

A Seleção Brasileira ficou no terceiro lugar do Grupo F, não conseguindo a classificação para a etapa seguinte da disputa. Na estreia, a equipe canarinha goleou o Panamá por 4 a 0. Este placar deu muita esperança tanto para a delegação como também para os torcedores.

Na segunda rodada, foi a vez de encarar a França no duelo mais importante da chave. O Brasil perdeu por 2 a 1. Com este resultado, o tabu diante das francesas aumentou mais ainda. Em 12 partidas disputadas, o retrospecto é de seis resultados negativos e seis igualdades. São três derrotas consecutivas.

Com o revés para as Le Bleus, o Brasil entrou na terceira e última rodada da fase de grupos precisando vencer. A Jamaica estava no segundo lugar, com a vantagem de poder empatar para chegar às oitavas de final. O jogo terminou empatado sem gols, com as jamaicanas avançando e as brasileiras sendo eliminadas.

O Mundial segue

A Copa do Mundo Feminina 2023 entra neste sábado nos jogos de oitavas de final. Os duelos desta fase são os seguintes:

  • Suíça x Espanha
  • Japão x Noruega
  • Holanda x África do Sul
  • Suécia x Estados Unidos
  • Austrália x Dinamarca
  • Inglaterra x Nigéria
  • França x Marrocos
  • Colômbia x Jamaica

A final da competição da FIFA vai acontecer no dia 20 de agosto. O jogo mais esperado da Copa será no Estádio Olímpico de Sydney, na Austrália. Neste dia, que vai cair num domingo, a bola rola a partir das 7h, no horário de Brasília. 

Leandro Gaignoux
326 artigos
Graduado em 2013, Leandro é um jornalista apaixonado por esportes. Iniciou sua trajetória profissional na Super Rádio Tupi, do Rio de Janeiro, no Departamento de Esportes, em 2011, ainda como estagiário. Dois anos mais tarde, trabalhou na editoria de Cidade/Geral do Portal Manchete On-line. Desde 2017, atua como redator no fascinante mundo das apostas esportivas. Começou a colaborar para o Apostagolos em 2022.

Artigos mais recentes

Cesc Fàbregas assume como técnico do Como, da Itália

Antônio Carlos Zago não é mais o técnico da seleção boliviana