18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Inter marca nos acréscimos e vence o Flamengo por 2 a 1, pelo Brasileirão

Jogadores do Inter comemoram com a torcida
Jogadores do Inter comemoram com a torcida. Foto: IMAGO / Pera Photo Press

Em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, o Internacional venceu o Flamengo por 2 a 1, de virada, no Beira-Rio, e chegou a quatro pontos na competição. O Rubro-Negro se manteve com três. Gerson, com um golaço, abriu o placar para o Flamengo. Maurício, que entrara no segundo tempo, marcou os dois gols do Inter. O segundo, marcado nos acréscimos, foi uma pintura. Por cobertura, sem chances para o goleiro Santos.

Saiba como apostar em jogos de futebol

O Flamengo foi melhor do que o Internacional na maior parte do tempo. Ficou mais com a bola, criou mais chances concretas de gol. Mas, sai vencedor quem aproveita melhor as chances. E o Inter foi contundente com Mauricio.

No primeiro tempo, o Flamengo chegou a balançar a rede com Gabigol, mas o gol foi anulado por impedimento bem marcado de Gerson.

O Flamengo abriu o placar já no segundo tempo. Gerson puxou o contra-ataque e tocou para Gabigol. O atacante finalizou, a bola bateu na defesa e sobrou com Gerson, que deu um chapéu no goleiro, fez uma embaixadinha e colocou na rede. Golaço do meia que fez a sua melhor partida desde que retornou ao clube.

O Internacional não dormiu no ponto e empatou em seguida. Wanderson fez bela jogada e serviu Mauricio que tocou na saída do goleiro Santos.

O Flamengo foi pra cima. Teve várias chances para marcar o segundo. Gabigol perdeu duas delas. Marinho perdeu mais duas. Matheus França colocou uma bola na trave. E o castigo veio aos 52 minutos.

Jean entrou na área em velocidade e deu uma cambalhota para simular um penal. O árbitro não caiu na dele. A bola sobrou para Mauricio, que viu Santos adiantado e marcou um golaço. Festa da torcida do Inter, que encheu o Beira-Rio.

O Flamengo vai pra casa com a sensação de que poderia ter saído com um resultado melhor. Após o jogo, o técnico rubro-negro, Jorge Sampaoli, falou.

– Penso que o time melhora durante o jogo. Teve muita possibilidade de fazer mais de um gol. Mas o futebol é contundência. Contundência nas áreas. E aí o time perdeu um jogo onde o desenvolvimento foi melhor, mas no final não – afirmou.

O técnico também explicou a saída de Pedro. Gabigol ficou em campo.

– Eu penso que, com tanto domínio, o time tinha que concretizar mais. Faltou eficácia no último toque na área. A substituição teve relação direta com o que o time precisava: de mais volume. Até a mudança do Pedro, o time estava neutro. Quando vejo que o time está neutro, eu tomo decisões. Era um centroavante ou outro. E tomei a decisão pelo Gabigol – acrescentou o argentino.

O Flamengo volta a campo na quarta-feira, às 21h30, para enfrentar o Maringá, no Maracanã, pela Copa do Brasil. O Rubro-Negro precisa vencer por três gols de diferença para se classificar para as oitavas de final.

Já o Inter enfrenta o CSA, fora de casa, às 20h, na quinta-feira. O Colorado venceu o primeiro jogo por 2 a 1 e joga pelo empate para se classificar.

Leo Santos
2708 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.

Artigos mais recentes

Corinthians tem novo técnico e sonha com Balotelli