18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Cristiano Ronaldo não pensa em possível última Copa: ‘Quem manda sou eu’

Cristiano Ronaldo concedeu entrevista coletiva
Cristiano Ronaldo concedeu entrevista coletiva. Foto: IMAGO / GlobalImagens

Última Copa? Na véspera do confronto que pode classificar a seleção portuguesa para a Copa do Mundo, o astro Cristiano Ronaldo encarou os microfones para falar com os jornalistas. Portugal e Macedônia do Norte se enfrentam nesta terça-feira (29), às 15h45 (de Brasília), no Estádio do Dragão, no Porto. Na entrevista coletiva, o craque português se mostrou incomodado com o fato de muitos considerarem que o Mundial do Qatar poderá ser o seu último.  

Saiba como apostar na Copa do Mundo

– Começo a ver que muitos de vocês fazem a mesma pergunta. Quem vai decidir o meu futuro sou eu, mais ninguém. Se me apetecer jogar mais, jogo. Se não me apetecer, não jogo. Quem manda sou eu, ponto final – afirmou. 

Cristiano Ronaldo ainda evitou fazer comparações entre a Macedônia do Norte e a Itália, que era apontada como a favorita para enfrentar Portugal nesta terça. O capitão português afirmou que os macedônios têm mérito de ter chegado ao confronto decisivo e admitiu que sempre há uma pressão para um jogo tão importante como esse. 

– Para nós também é um jogo da vida. Faço um apelo aos portugueses: agradeço a demonstração de apoio incondicional e amanhã peço o mesmo. Ontem quando fui para a cama pensei: gostaria que o hino começasse, tirassem a música e cantássemos todos sem música. Tenho certeza que se estiverem conosco como na quinta, vamos ganhar o jogo – disse. 

– Se fizermos um inverno aqui no Dragão, tenho certeza que vamos ganhar – completou.  

O duelo único define a vaga direta na Copa do Mundo, e quem vencer carimba o passaporte para o Qatar. Caso a partida termine empatada, o confronto será decidido na prorrogação e, caso seja necessário, na disputa de pênaltis.  

Tite faz trocas em todos os setores para enfrentar a Bolívia 

Pela última rodada das Eliminatórias Sul-americanas, a Seleção Brasileira terá diversas mudanças para a partida contra a Bolívia, nesta terça-feira (29), às 20h30 (de Brasíllia), em La Paz. Para o duelo, o técnico Tite irá promover trocas em todos os setores, com sete alterações em relação ao time que goleou o Chile por 4 a 0 na última semana.  

O treinador comandou o último treino na manhã desta segunda-feira, na Granja Comary, antes da viagem para a Bolívia, e confirmou as alterações que já havia realizado no dia anterior.  

O zagueiro Éder Militão, os laterais Daniel Alves e Alex Telles, os meio-campistas Fabinho, Bruno Guimarães e Philippe Coutinho, além do atacante Richarlison entram na equipe titular.  

Além de Neymar e Vini Jr, que receberam o terceiro cartão amarelo no último jogo, o zagueiro Thiago Silva, os meias Casemiro e Fred, e os laterais Danilo e Guilherme Arana deixam o time.  

A delegação brasileira está em Santa Cruz de La Sierra e só viaja para La Paz poucas horas antes do início da partida, que será disputada no Estádio Hernando Siles.  

Já classificado para a Copa do Mundo, o Brasil conhecerá nesta sexta-feira (1) seus adversários no Mundial do Qatar. O sorteio dos grupos será realizado às 13h (de Brasília).  

Leo Santos
850 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...

Artigos mais recentes