18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Vasco demite o diretor esportivo Alexandre Mattos, que ficou apenas 100 dias no clube

Alexandre Mattos (centro) deixa o Vasco da Gama
Alexandre Mattos (centro) deixa o Vasco da Gama. Foto: Divulgação / Vasco

Crise no Vasco. O Cruz-Maltino demitiu nesta semana o diretor esportivo Alexandre Mattos, que ficou apenas 100 dias no clube. Segundo o CEO, Lúcio Barbosa, houve “quebra de confiança”. O Vasco vem de uma eliminação inesperada na semifinal do Campeonato Carioca para o Nova Iguaçu.

Saiba como apostar em jogos de futebol

– Gostaria de agradecer e comunciar o desligamento de Alexandre Mattos, um dos maiores diretores do Brasil. Houve uma quebra de confiança. Sem confiança não conseguimos seguir com trabalho. Não vou entrar em detalhes, mas o principal foi a quebra de confiança. É claro que dentro disso existem vários sub-motivos. Mas não vamos entrar em detalhes por respeito ao Mattos, ao nosso compliance e ao nosso jurídico – afirmou o CEO, em entrevista coletiva.

Segundo informações do site “Globoesporte.com”, Mattos e SAF não falavam a mesma língua há bastante tempo. O diretor esportivo sempre encontrou dificuldades para contratar reforços, não tinha a mesma autonomia dos outros clubes, e obviamente não ficava satisfeito.

O vazamento de informações e as narrativas consideradas prejudiciais à SAF foram os principais motivos para a demissão de Alexandre Mattos.

Leo Santos
2708 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.

Artigos mais recentes

Corinthians tem novo técnico e sonha com Balotelli