18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Loterj recebe sugestões para lançar loterias instantânea e de prognósticos

Loterias apostas

A Loteria do Estado do Rio de Janeiro (Loterj) abriu uma audiência pública para discutir o processo de lançamento da Loteria Instantânea e Loteria de Prognóstico.

O objetivo é nortear os procedimentos no desenvolvimento da exploração das modalidades no Rio de Janeiro por meios online, em real time e terminais de apostas.

De acordo com o edital de convocação da audiência pública da Loterj, todos os interessados poderão se manifestar e acompanhar as discussões sobre o assunto.

A audiência será realizada presencialmente e já tem data marcada. De acordo com o planejamento, os interessados poderão se manifestar no dia 25/4, na sede da Loterj, na Rua Sete de Setembro, 170, no Centro do Rio. 

Raspadinha no Rio

A Loterj lançou a primeira loteria instantânea no Rio de Janeiro em 1991. Mais conhecida como raspadinha, a modalidade continua conquistando apostadores. A primeira da categoria, batizada de Lambada da Sorte, chegou a ter 4 milhões de unidades vendidas em apenas um dia.

Atualmente, há várias opções de raspadinhas à venda no Rio de Janeiro. Um dos exemplos é a chamada Raspa Rio, em que os jogadores podem concorrer a prêmios de até R$ 50 mil.

Leia também: Legislação no Brasil: Onde Apostar e Jogar Legalmente

Raspadinha Animal

Em março, o Governo do Rio lançou a Raspadinha Animal. Quem compra um dos bilhetes da campanha pode ganhar até R$ 5 mil. Adicionalmente, o lucro da ação é revertido para a proteção dos animais no Estado do Rio. A iniciativa é uma parceria da Loterj com a Secretaria estadual de Agricultura e a ONG RioSolidario.

De acordo com informações do jornal Extra, a tiragem seria composta por 400 mil bilhetes. Cada cupom é vendido por R$ 2 cada, em mais de 10 mil pontos de venda.

Polêmica do jogo do bicho

Também segundo a reportagem, não existem ligações concretas entre a iniciativa da Loterj e o jogo do bicho. No entanto, uma associação acaba existindo, pela referência a animais, assim como na prática clandestina.

Vale lembrar que o jogo do bicho pode vir a ser regulamentado no país em breve. Isso porque o texto do Projeto de Lei 442/1991, que busca a legalização dos jogos de azar no Brasil, chegou recentemente ao Senado, após ser aprovado pela Câmara dos Deputados.

O assunto divide a opinião de parlamentares. Por um lado, alguns senadores acreditam que bancada evangélica não terá força suficiente para evitar a legalização dos jogos de azar. Por isso, pedem um debate mais rápido sobre o tema.

Entretanto, de forma geral, acredita-se que dificilmente o assunto será debatido em 2022 na Casa. A Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei que permite a exploração de jogos de azar e apostas em todo o território nacional.

Dessa forma, não apenas o jogo do bicho seria regulamentado, mas também os cassinos, os bingos e jogos online.

Marcela Medeiros
98 artigos
Marcela Medeiros é jornalista da área de economia há 10 anos. Trabalhou em grandes veículos de comunicação no Rio de Janeiro, como os jornais Ex ...

Artigos mais recentes