18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Tudo sobre a Copa do Mundo Feminina 2023: times, jogos e classificação

Copa do Mundo Feminina 2023 - junho - 2024

A Copa do Mundo Feminina 2023 vai começar no meio deste ano e já podemos nos aquecer para a competição. Afinal, o futebol feminino vem crescendo a cada ano e, merecidamente, ganhando seu espaço.

Então, nada melhor do que saber tudo o que é essencial sobre o torneio. Assim, neste artigo traremos dicas e responderemos a várias dúvidas. Por exemplo, quando começa a Copa do Mundo Feminina 2023? Quais serão as seleções participantes? Onde será realizada a competição?

Desse modo, se deseja saber tudo sobre a Copa do Mundo Feminina 2023, vamos em frente.

Quando começa a Copa do Mundo Feminina 2023?

A Copa do Mundo Feminina 2023 vai começar no dia 20 de julho de 2023. Já a final da competição está marcada para o dia 20 de agosto, no Estádio Olímpico de Sydney.

Nesta edição, a nona da história da Copa do Mundo FIFA de Futebol Feminino, a Austrália e a Nova Zelândia serão os países-sede. Ou seja, assim como na Copa do Mundo Masculina de 2002, quando Coreia do Sul e Japão se dividiram para receber os jogos, teremos duas sedes.

Nas duas partidas que abrem a Copa do Mundo Feminina deste ano, as anfitriãs Austrália e Nova Zelândia estarão em campo. Eis as datas destes jogos:

·        20 de julho de 2023, às 4h (de Brasília) – Nova Zelândia x Noruega – Eden Park, em Auckland (NZL);

·        20 de julho de 2023, às 7h – Austrália x Irlanda – Estádio Olímpico de Sydney, em Sydney (AUS).

Portanto, sabe o que fazer agora que já sabe quando começa a Copa do Mundo Feminina 2023? Anote na sua agenda o início da competição e se prepare para acompanhar duelos bem emocionantes.

Vale lembrar que a edição passada da Copa do Mundo Feminina foi realizada em 2019, na França. E, naquela ocasião, o Mundial foi disputado entre 7 de junho e 7 de julho.

Copa do Mundo Feminina 2023

Quais times disputam a Copa do Mundo Feminina 2023?

Pela primeira vez em toda a história do torneio, a Copa do Mundo Feminina 2023 terá 32 seleções. Anteriormente, 24 times disputaram a competição. Ou seja, teremos oito seleções a mais em campo do que vimos nas duas edições anteriores. Confira a tabela e grupos completos.

Além disso, são 20 seleções a mais do que na primeira edição do Mundial Feminino, realizado em 1991, na China. E o dobro em relação à edição de 2011, na Alemanha, a última que teve 16 seleções.

Aliás, foi a partir da Copa do Mundo Feminina de 2015, no Canadá, que começamos a ver 24 seleções disputando o Mundial de futebol feminino.

Na Copa do Mundo Feminina 2023, teremos as seguintes equipes e grupos disputando a taça:

·        Grupo A: Nova Zelândia, Noruega, Suíça e Filipinas;

·        B: Austrália, Canadá, Irlanda e Nigéria;

·        C: Espanha, Japão, Costa Rica e Zâmbia;

·        D: Inglaterra, China, Dinamarca e Haiti;

·        E: Estados Unidos, Portugal, Holanda e Vietnã;

·        F: Brasil, França, Jamaica e Panamá;

·        G: Argentina, Itália, Suécia e África do Sul;

·        H: Alemanha, Colômbia, Coreia do Sul e Marrocos.

Quem vai ganhar a final Copa do Mundo Feminina 2023?

Sem dúvida, a Copa do Mundo Feminina 2023 tem tudo para ser uma das mais disputadas de todos os tempos. Ou seja, algumas seleções chegam com chances de faturar o tão cobiçado troféu de campeã mundial.

Mas, mesmo bem antes de o torneio ter o pontapé inicial, já podemos ter uma noção de algumas favoritas. Afinal, olhando para os sites das principais casas de apostas, podemos já ver as odds no mercado de “Vencedor Final”.

Aliás, a fim de ver as cotações nesta opção, consultamos casas que recomendamos, como a bet365 e a Betano.

E, só para ilustrar, no momento da redação deste artigo, essas eram as cinco principais seleções favoritas ao título:

·        Estados Unidos;

·        Inglaterra;

·        Espanha;

·        Alemanha;

·        França.

Nossa indicação é que sempre consulte as plataformas de apostas online para ver as odds mais atualizadas. Dessa maneira, você poderá ver quais são as seleções favoritas na Copa do Mundo Feminina 2023 no momento.

Além disso, é importante sempre olhar os sites de apostas para conferir as outras opções de apostas. Afinal, as casas têm catálogos completos em termos de tipos de apostas em futebol.

Quando o Brasil joga?

Com toda a certeza, você deve estar de olho no jogo da Seleção Brasileira Feminina, não é mesmo? Então, nada melhor do que saber quando o Brasil joga para já deixar um lembrete no smartphone.

As brasileiras, que fazem parte do Grupo F da Copa do Mundo FIFA de Futebol Feminino, estreiam no dia 24 de julho. O primeiro jogo da nossa Seleção será contra o Panamá, uma das grandes zebras do Mundial Feminino.

Com o intuito de facilitar a sua vida, eis as partidas do Brasil na fase de grupos, com datas, horários e locais:

·        1ª rodada – Brasil x Panamá – 24 de julho de 2023, às 8h (de Brasília) – Estádio Hindmarsh, em Adelaide (AUS);

·        2ª rodada – França x Brasil – 29 de julho de 2023, às 7h – Estádio Brisbane, em Brisbane (AUS);

·        3ª rodada – Jamaica x Brasil – 2 de agosto de 2023, às 7h – Estádio Melbourne Rectangular, em Melbourne (AUS).

Dessa maneira, a expectativa é a de que o Brasil inicie a competição com uma vitória tranquila. E isso seria excelente antes de enfrentar a boa seleção da França e a seleção da Jamaica, esta bem mais frágil do que a francesa.

Portanto, a partida de estreia do Brasil na Copa do Mundo de 2023 é essencial para as pretensões da equipe. Afinal, as comandadas da treinadora sueca Pia Sundhage precisam dos três pontos e de saldo de gols, de preferência.

Vale lembrar que Sundhage é treinadora do Brasil desde 2019 e vem fazendo um trabalho sólido à frente da Seleção. Agora, na primeira Copa do Mundo neste novo ciclo, esperamos que a caminhada do Brasil termine em conquista de taça.

Novas regras e mudanças na Copa do Mundo Feminina 2023

A Copa do Mundo Feminina 2023, organizada pela FIFA, será a primeira com participação de 32 seleções. Dessa forma, teremos a maior competição em toda a história, o que deve ser um ingrediente a mais.

O formato do Mundial de Futebol Feminino seguirá o da Copa do Mundo FIFA de Futebol Masculino. Ou seja, primeiramente teremos 32 seleções divididas em oito grupos na primeira fase.

Então, as quatro seleções do mesmo grupo se enfrentam em turno único na fase inicial. As duas primeiras colocadas de cada chave se classificam para as oitavas de final.

Em seguida, as cinco fases do mata-mata (oitavas, quartas, semifinais e a final, além da decisão de terceiro lugar) são disputadas em jogo único.

Caso haja empate no tempo regulamentar, teremos uma prorrogação com 30 minutos de duração. Por fim, se a igualdade continuar, teremos a definição da seleção classificada ou da campeã na disputa de pênaltis.

O fato de a Copa do Mundo Feminina estar semelhante à edição masculina é um grande marco para o futebol feminino. Afinal, aos poucos estamos vendo mais igualdade entre o futebol feminino e o futebol masculino. Mas é claro que ainda há muitos passos a serem dados.

Assim, esperamos que a Copa do Mundo FIFA de Futebol Feminino 2023 seja mais uma evolução para o esporte. Desse modo, em breve poderemos ver um futebol feminino ainda mais competitivo e atrativo para o público.

Como apostar na Copa do Mundo Feminina 2023

Certamente, haverá muitas opções para apostar na Copa do Mundo Feminina 2023. Com o crescimento do futebol feminino, as casas de apostas esportivas passaram a olhar com mais carinho para as competições. Confira a nossa seleção com as melhores casas de apostas para a Copa do Mundo Feminina 2023.

E, como o Mundial Feminino é o torneio mais importante de todos, sem dúvida a cobertura é ainda mais ampla.

Só para exemplificar, sites de apostas como bet365, Betano e Betfair estão oferecendo apostas na Copa do Mundo Feminina. Aliás, todas essas empresas de apostas são confiáveis e oferecem boas opções.

Obviamente, dá para fazer apostas nas partidas. Por exemplo, no resultado, em total de gols, em escanteios e muito mais.

Além disso, tem os mercados de longo prazo. Em outras palavras, apostas de duração mais ampla. Só para exemplificar, são as opções como Vencedor Final (ou Campeão), artilheira da competição, seleções classificadas e mais.

Assim, acesse os sites das casas de apostas e veja os mercados de apostas. Aliás, alguns podem ainda não estar disponíveis e serem abertos com a proximidade do início do torneio. Desse modo, é importante ficar sempre de olho.

Casas de ApostasBônusSaiba mais
Copa do Mundo Feminina 2023 - junho - 2024Verifique as possíveis ofertas no sitebet365
betano100% até R$500 + R$50 de bônus extraBetano
Galerabet Logo100% do depósito inicial até R$200 + R$10 em aposta grátisGalera.bet
Copa do Mundo Feminina 2023 - junho - 2024Aposte na Copa do Mundo Feminina com a RivaloRivalo
Betfair100% do primeiro depósito até R$200Betfair
Copa do Mundo Feminina 2023 - junho - 2024Aposta sem risco de até R$200 + 20% de bônusKTO
Copa do Mundo Feminina 2023 - junho - 2024Até R$400 em saldo extra para o primeiro depósitoBetmotion
Copa do Mundo Feminina 2023 - junho - 2024Receba até R$50 com o bônus de boas vindas da BetwayBetway
Copa do Mundo Feminina 2023 - junho - 2024Confira as ofertas disponíveis na Sportsbet.ioSportsbet.io
f12bet (2)Aposte em todos os jogos da Copa com a F12.betF12.bet
Copa do Mundo Feminina 2023 - junho - 2024100% do primeiro depósito até R$150 para apostas esportivasLeoVegas
Parimatch LogoAposte com até R$1500 de saldo extraParimatch
Copa do Mundo Feminina 2023 - junho - 2024Bônus de 100% do primeiro depósito até R$300Sportingbet
1xbet LogoAposte com bônus de até R$1560 após os depósitos iniciais1xBet
Copa do Mundo Feminina 2023 - junho - 2024Aposte usando Pix na PixbetPixbet

Copa do Mundo Feminina 2023: revisão histórica

Antes do início da Copa do Mundo Feminina 2023, que tal fazermos uma breve revisão histórica da competição? Em outras palavras, relembrar seleções campeãs anteriormente e as sedes das edições passadas.

Em primeiro lugar, vamos falar sobre todas as seleções que já ganharam o título da Copa do Mundo Feminina. A maior campeã é a seleção dos Estados Unidos, com quatro títulos no total. Aliás, as norte-americanas chegam mais uma vez como as principais favoritas em 2023.

Abaixo, confira todas as campeãs da história da Copa do Mundo FIFA de Futebol Feminino:

·        Estados Unidos – 4 títulos (1991, 1999, 2015 e 2019);

·        Alemanha – 2 títulos (2003 e 2007);

·        Noruega – 1 título (1995);

·        Japão – 1 título (2011).

Já as sedes de cada uma das oito edições anteriores foram:

·        1991 – China;

·        1995 – Suécia;

·        1999 – Estados Unidos;

·        2003 – Estados Unidos;

·        2007 – China;

·        2011 – Alemanha;

·        2015 – Canadá;

·        2019 – França.

Conforme dissemos, a edição de 2023 será a primeira com duas sedes. Ou seja, Austrália e Nova Zelândia receberão os jogos da competição.

Melhores artilheiras na história da Copa do Mundo Feminina

Igualmente, podemos falar sobre as artilheiras da história da Copa do Mundo de Futebol Feminino. Afinal, as goleadoras do Mundial estão eternizadas na história.

A jogadora que mais balançou as redes em Copas do Mundo Femininas foi a brasileira Marta. Foram 17 gols em 20 partidas em Mundiais, com uma média de 0,85 gol por jogo. Ela participou das Copas de 2003, 2007, 2011, 2015 e 2019.

Além de Marta, completam o top 5 de artilheiras da história da Copa do Mundo Feminina:

·        Birgit Prinz (Alemanha) e Abby Wambach (EUA) – 14 gols;

·        Michelle Akers (EUA) – 12 gols;

·        Cristiane (Brasil), Sun Wen (China) e Bettina Wiegmann (Alemanha) – 11 gols.

Levando em consideração uma única edição, a maior artilheira foi a norte-americana Michelle Akers. A meia-atacante anotou dez gols na primeira edição da Copa do Mundo Feminina, em 1991. Assim, foi fundamental para a conquista do primeiro título mundial dos Estados Unidos.

Perguntas frequentes Copa do Mundo Feminina

Para finalizar este artigo sobre a Copa do Mundo Feminina 2023, vamos responder algumas perguntas frequentes…

Onde vai ser a Copa do Mundo Feminina 2023?

A Copa do Mundo Feminina 2023 será realizada na Austrália e na Nova Zelândia, que se dividem como países-sede. A competição será realizada de 20 de julho a 20 de agosto de 2023.

Como assistir aos jogos da Copa do Mundo Feminina 2023 ao vivo?

A Copa do Mundo Feminina 2023 terá transmissão no Brasil pela Globo, na TV aberta, e pelo SporTV, na TV por assinatura. Já a CazéTV, do streamer Casimiro Miguel, terá direitos de transmissão na internet.

A fim de conferir a agenda completa de transmissões, consulte a programação.

Quem são as jogadoras a serem observadas na Copa do Mundo Feminina 2023?

Entre as jogadoras para ficar de olho na Copa do Mundo Feminina 2023 temos Alexia Putellas, da Espanha. Ela é duas vezes vencedora da Bola de Ouro da FIFA.

Além dela, temos Alex Morgan e Sophia Smith, dos Estados Unidos, Ada Hegerberg, da Noruega, Lauren Hemp, da Inglaterra, e Debinha, do Brasil. Isso apenas para citar algumas.

Quais são as novas regras e mudanças na Copa do Mundo Feminina 2023?

Pela primeira vez, a Copa do Mundo Feminina 2023 terá 32 seleções participantes. Assim, o formato da competição será o mesmo da Copa do Mundo FIFA de futebol masculino.

Vai ter álbum da Copa do Mundo Feminina em 2023?

Ao que tudo indica, a Panini, empresa especializada em colecionáveis e quadrinhos, deve lançar o álbum da Copa do Mundo Feminina em 2023. Afinal, nas últimas edições também tivemos álbuns de figurinhas dos Mundiais femininos.

De qualquer maneira, recomendamos que mantenha o radar ligado sobre o lançamento do álbum se tiver interesse em colecionar.

Douglas Nunes
211 artigos
Jornalista com especialização em jornalismo esportivo, passou por assessorias, clubes de futebol e jornais até chegar à rede digital. Já atua há mais de seis anos com conteúdo de apostas esportivas, e também produz conteúdo para o canal Outro Lado da História.