18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Jorge Jesus, ex-Flamengo, recebe proposta milionária do Al Ahli, da Arábia Saudita

Jorge Jesus fez sucesso no Flamengo em 2019
Jorge Jesus fez sucesso no Flamengo em 2019. Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

O técnico Jorge Jesus, ex-Flamengo, continua despertando interesse de vários clubes ao redor do mundo. Desta vez, o português recebeu uma proposta de R$ 36 milhões por temporada para treinar o Al Ahli, da Arábia Saudita, em um contrato que seria três anos. Ele ficou de tomar uma decisão sobre seu futuro nos próximos dias. A informação foi dada pelo jornalista César Luis Merlo, especialista em mercado de transferências.  

Saiba como apostar em jogos de futebol

Caso a negociação tenha um desfecho positivo, essa será a segunda passagem do treinador pela Arábia Saudita, já que antes de assumir o Flamengo, ele comandou o Al Hilal. Segundo o portal “O Jogo”, de Portugal, a proposta agradou o Mister. 

Vale lembrar que no final de 2021, Jorge Jesus chegou a ser cogitado para retornar ao Flamengo, que estava à procura de um novo treinador. Na época, a negociação não foi para frente porque o técnico tinha contrato com o Benfica. Com o imbróglio, o Rubro-Negro acabou fechando com o também português Paulo Sousa, que se desligou da seleção polonesa.  

Poucos dias depois, os Encarnados decidiram demitir o Mister após discussão do técnico com o meio-campista Pizzi, ídolo da torcida benfiquista, às vésperas do clássico contra o Porto. Jesus havia afastado o atleta na frente de todo o elenco, gerando insatisfação dos demais jogadores, que decidiram por conta própria suspender o treinamento. Vendo que a situação era insustentável, o presidente Rui Costa resolveu mandar o treinador embora.  

Livre no mercado, Jesus chegou a negociar sua ida para o Atlético-MG, mas a situação não avançou. O clube mineiro não abriu mão de continuar com sua comissão técnica fixa, enquanto o treinador desejava levar sua comissão particular. Como as conversas não evoluíram, o Galo acertou com o treinador argentino, Antonio Mohamed.

O Corinthians, que demitiu Sylvinho nesta semana, também está interessado na contratação de Jorge Jesus.

Atlético-MG anuncia a contratação do volante Otávio, que estava no Bordeaux 

Tem reforço no Galo! Na manhã desta sexta-feira (4), o Atlético-MG anunciou a contratação de Otávio, que estava no Bordeaux, da França. O volante assinou contrato de empréstimo até o final de junho, quando acaba seu vínculo com o clube francês. Depois, o atleta assinará um novo contrato com o clube mineiro. 

No início das conversas, ficou combinado que o jogador de 27 anos se apresentaria ao Atlético somente no segundo semestre deste ano. Como não estava sendo aproveitado pelo Bordeaux, o clube concordou em emprestá-lo até o fim de seu contrato, até mesmo para liberar espaço na folha salarial.  

Para arcar com os custos do salário de Otávio até o meio do ano, o Galo fez uma composição com a equipe francesa. O clube mineiro pagará menos da metade do valor que o volante recebia na França.  

Otávio foi revelado pelo CRB e chegou ao Athletico-PR em 2009, passando por todas as categorias de base do Furacão. Ele subiu para o elenco profissional em 2014, durante o Campeonato Paranaense.  

Após se destacar, o volante foi vendido ao Bordeaux. Isso em 2017. Na época, a negociação girou em torno de 7,5 milhões de euros (cerca de R$ 45 milhões na cotação atual). Pelo clube francês, Otávio atuou em 127 partidas e marcou três gols. Na temporada 2021/2022, ele fez 17 jogos e começou como titular em 14.  

São Paulo vai mal no Paulistão e tem o pior início desde 1960 

Com apenas um ponto somado em três rodadas, o São Paulo tem o pior início de Campeonato Paulista desde 1960. A atual campanha só perde para a de 1936, quando o Tricolor foi derrotado nas três primeiras partidas.  

Após a derrota para o RB Bragantino por 4 a 3, na última quinta-feira (3), o técnico Rogério Ceni analisou o atual momento da equipe.  

– Talvez o grande erro, talvez nem seja o grande erro, porque não pode colocar o time da Copa São Paulo. Nosso maior erro foi não ter o time da Copinha, não ter pensado rápido, e colocado esse time para jogar os dois primeiros jogos. Estamos tendo que preparar o time, desgastando os atletas, jogar e ganhar. A vitória não está vindo – afirmou o treinador, para depois acrescentar. 

– Se fosse como no Carioca, que se coloca um time de garotos e vai dando sequência à preparação, seria melhor. Poderíamos ter usado mais jogadores da Copinha, com um ou outro do elenco que estivesse melhor fisicamente, enquanto os outros fizessem uma pré-temporada mais longa. Talvez este tenha sido o erro de avaliação, mas vamos buscar – disse. 

Em 1985, o Tricolor do Morumbi fez uma campanha parecida com a deste ano, sem vitórias nas três rodadas iniciais. A diferença é que na época o time empatou dois jogos e perdeu o outro.  

Para tentar reverter o atual cenário, o São Paulo volta a campo na próxima quarta-feira (9). O adversário é o Santo André, às 19h, no Morumbi, pela quinta rodada do Paulistão.  

Leia mais: Jean Pyerre é diagnosticado com câncer testicular e retornará ao Brasil para tratamento

Leo Santos
551 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...