18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Dupla brasileira pode chegar a 100 gols

Adelaide, Australia, July 24th 2023: Rosario Vargas (15 Panama) and Bia Zaneratto (16 Brazil) fight for the ball
IMAGO / Sports Press Photo

A Copa do Mundo Feminina 2023 e o Brasil pode atingir marcas históricas. A dupla de ataque, que é composta por Bia Zaneratto e Debinha, pode chegar a 100 gols feitos com a camisa canarinha da seleção.

De acordo com a CBF, Bia Zaneratto, de 29 anos, – autora do quarto gol da vitória de 4 a 0 sobre o Panamá – conta no momento com 37 tentos, feitos ao longo de 112 jogos. Debinha, de 31 anos, tem 58 gols em 136 partidas disputadas.

Vale ressaltar que somente a atacante Marta, de 37 anos, tem 122 gols feitos. Ela é a principal goleadora da Seleção Brasileira. 

Outro ponto a ser destacado é que a atacante Ary Borges, de 23 anos, com três gols feitos na estreia do Brasil, era a artilheira do Mundial com três gols, até o fechamento deste texto.

Duas vezes ao longo da história, nas oito edições da Copa do Mundo, o Brasil teve representantes na artilharia. Em 1997, com sete gols, Sissi dividiu o posto de goleadora com a chinesa Sun Wen. Dez anos mais tarde, na edição de 2007, Marta levou a premiação de artilheira, também com sete gols feitos nas adversárias.

Adeus na Seleção Brasileira

Nesta quarta-feira (26), duas jogadoras que formavam a lista de suplentes da seleção deixaram o no Moreton Bay Central Sports Complex, em Brisbane, na Austrália. Tratam-se da zagueira Tainara, do Bayern de Munique, da Alemanha, e da atacante Aline Gomes, da Ferroviária.

Na despedida das companheiras, a dupla de jogadoras se emocionou perante todo o elenco. “Esses foram os melhores dias da minha vida, sem dúvida. Estou muito, muito feliz. Queria muito poder ficar aqui com vocês, mas eu vou estar acompanhando de longe e torcendo por todos vocês”, disse a atacante Aline.

A zagueira Tainara não foi diferente. “Eu sempre escutei que representar a Seleção era algo grandioso, e eu vou formular essa frase e acrescentar algo que para mim é incrível. Jogar com vocês é maravilhoso.”

Quem também pediu a palavra para deixar um recado para as companheiras a líder e atacante Marta.

“Nós só temos a agradecer a vocês. Vamos com muita saudade, mas sabendo que vocês vão seguir com a gente, mesmo que não estejam aqui fisicamente, vão estar presentes nas nossas memórias e no nosso coração. Vamos seguir juntas, como sempre foi e sempre tem que ser assim, do começo ao fim.”

Durante a primeira semana de treinamento da Seleção, ainda em Gold Coast, na Austrália, a comissão precisou fazer um corte. A atacante Nycole Raysla, do Benfica, sofreu uma lesão, sendo substituída pela meio-campista Angelina, do OL Reign, dos Estados Unidos.

Lista das 23 jogadoras

Goleiras

Letícia Izidoro (Corinthians), Bárbara (Flamengo) e Camila (Santos)

Defensoras

Antônia (Levante), Bruninha (Gotham FC), Kathellen (Real Madrid), Lauren (Madrid CFF), Mônica Hickman (Madrid CFF), Rafaelle (Arsenal) e Tamires (Corinthians)

Meio-campistas

 Duda Sampaio (Corinthians), Kerolin (North Carolina Courage), Luana (Corinthians), Adriana (Orlando Pride), Ana Vitória (Benfica) e Ary Borges (Racing Louisville)

Atacantes

 Andressa Alves (Roma), Geyse (Barcelona), Nycole (Benfica), Bia Zaneratto (Palmeiras), Debinha (Kansas City Current), Gabi Nunes (Madri CFF) e Marta (Orlando Pride)

Leandro Gaignoux
326 artigos
Graduado em 2013, Leandro é um jornalista apaixonado por esportes. Iniciou sua trajetória profissional na Super Rádio Tupi, do Rio de Janeiro, no Departamento de Esportes, em 2011, ainda como estagiário. Dois anos mais tarde, trabalhou na editoria de Cidade/Geral do Portal Manchete On-line. Desde 2017, atua como redator no fascinante mundo das apostas esportivas. Começou a colaborar para o Apostagolos em 2022.

Artigos mais recentes

PSG prepara barca gigante e afasta nove jogadores