18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Confira a seleção de jovens destaques do Brasileiro

Confira a seleção de jovens destaques do Brasileiro
Fausto Veras, do Corinthians, faz parte da seleção de jovens destaques do Brasileiro

O Campeonato Brasileiro deste ano marcou a ascensão de novos talentos do país e da América do Sul. Alguns nomes de maior destaque podem até ser mais experientes, como Gustavo Scarpa, do Palmeiras, considerado o craque da competição, e Germán Cano, argentino que foi artilheiro da Série A pelo Fluminense. Mas não faltou o brilho dos mais jovens ao longo das 38 rodadas.

O Apostagolos.com montou sua seleção dos principais jogadores sub-23 que atuaram no Campeonato Brasileiro, tendo como critério, além da idade, o fato de terem atuado no mínimo 11 partidas ao longo da competição. Vale ficar de olho nele no futuro porque se trata de um time de respeito: Bento, Khellven, Vitão, Joaquim e Vanderlan; André, Fausto Vera e Maurício; Luiz Henrique, Igor Paixão e Marcos Leonardo.

Bento

O goleiro do Athletico tomou conta da posição depois da saída de Santos para o Flamengo e foi destaque da equipe, vice-campeã da Libertadores e sexta colocada no Brasileirão. Tem apenas 23 anos, o que torna o desempenho ainda mais relevante, uma vez que geralmente goleiros se destacam a partir de uma idade mais avançada, quando estão mais experientes.

Khellven

Outro do Furacão. Aos 21 anos, foi titular na lateral direita ao longo da temporada. É natural do Rio Grande do Norte e mostra como o trabalho de prospecção de talentos do Athletico anda afiado. Estreou entre os profissionais ainda em 2019, aos 18 anos.

Vitão

Muitos duvidavam que o Internacional terminaria o Brasileiro em segundo lugar. A campanha se deve ao trabalho de Mano Menezes à frente do elenco com muitos jovens. Um dos melhores é o zagueiro Vitão, de 22 anos. Para se ter ideia, entre os jogadores com 23 anos ou menos, foi o que fechou a Série A com a melhor nota no site “Sofascore”.

Joaquim

Da lista, somente ele e Igor Paixão, do Coritiba, atuaram por times que brigaram para não serem rebaixados no Brasileiro. Destacar-se neste contexto é difícil, mas o zagueiro de 23 anos do Cuiabá conseguiu. Ele foi um dos principais nomes da equipe do Centro-Oeste, que conseguiu se manter na Série A apenas na última rodada.

Vanderlan

A fábrica de talentos do Palmeiras está pronta para entregar ao futebol brasileiro mais uma revelação. Vanderlan tem apenas 20 anos e teve participação importante no elenco de Abel Ferreira, campeão brasileiro com sobras. Há uma escassez de bons laterais e com isso, se o jogador mantiver o processo de evolução, tem tudo para chegar até a seleção brasileira.

André

É fruto de outra categoria de base conhecida pela excelência: a de Xerém. O volante de 21 anos trabalha a bola como poucos e se tornou peça-chave para o estilo de jogo de Fernando Diniz funcionar ao longo do Brasileiro. O destaque ao longo da Série A rendeu uma presença na lista de 55 jogadores de Tite para a Copa do Mundo. Não é pouca coisa.

Confira também: Levantamento revela quais são os melhores e os piores estádios do Brasil

Fausto Vera

O único estrangeiro da seleção de jovens do Brasileiro. Fausto Vera foi uma contratação certeira do Corinthians, que foi buscar o volante de 22 anos no Argentinos Juniors. Com passagens por todas as seleções de base dos albicelestes, firmou-se no meio de campo do time paulista em meio a medalhões e deve ser parte da espinha dorsal para 2023.

Maurício

Mais um destaque do Internacional, que conseguiu terminar à frente de equipes com investimento bem maior, como Flamengo, Atlético-MG e Corinthians. Apareceu bem novo, em 2019, com a camisa do Cruzeiro. Logo no ano seguinte, foi para o Colorado. Como atua como meia de criação, artigo de luxo no mercado, deve se valorizar ao longo da carreira.

Luiz Henrique

Outra revelação do Fluminense. O atacante de 21 anos foi peça importante no começo da campanha tricolor no Brasileiro e, caso tivesse permanecido no elenco por toda a competição, o desempenho do time poderia ter sido ainda melhor do que a terceira colocação. Deixou as Laranjeiras em junho, rumo ao Bétis (ESP).

Igor Paixão

Despontou como grande revelação do Coxa Branca e passou a ser especulado em grandes times do Brasil e da Europa. Quando teve a chance de jogar sua primeira Série A, não chegou a terminá-la, sendo negociado com o Feyenoord, da Holanda. Aos 22 anos, foi a maior venda da história do time paranaense, que lutou e se manteve na primeira divisão.

Marcos Leonardo

Impossível haver uma seleção de melhores jovens de uma competição que o Santos disputa sem ter ao menos um representante do clube da Vila Belmiro. A campanha do Peixe foi apagada, terminando apenas em 12º, mas o brilho do atacante de apenas 19 anos foi intenso. Ele marcou 13 gols, sendo o quinto maior goleador do Brasileirão.

Diana Figueiredo
174 artigos
Diana Figueiredo é jornalista há mais de 15 anos, carioca e, atualmente, mora em Paris, na França Trabalhou no Jornal Extra e no Jornal O Globo de ...