18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Yuri Alberto se torna a venda mais cara da história do Internacional

Yuri Alberto é um dos destaques do Internacional
Yuri Alberto é um dos destaques do Internacional. Foto: Ricardo Duarte / Internacional

Milhões à vista! O Internacional aceitou negociar o atacante Yuri Alberto por 20 milhões de euros (R$ 120,76 milhões pela cotação atual) com o Zenit, da Rússia. Mas o torcedor colorado ainda terá um tempinho para ver o jogador em ação pelo clube, pois a transferência acontecerá somente em junho. Com os valores apresentados, Yuri se tornou a maior venda da história do Colorado, superando os R$ 79,2 milhões pagos pelo Chelsea para levar Oscar em 2012. 

Conheça os melhores sites de aposta esportiva

Outro atleta que já tinha rendido um bom dinheiro aos gaúchos foi Bruno Fuchs, negociado em 2020 por 8 milhões de euros ao CSKA, também da Rússia. Sem contar que em 2015 o Inter já havia vendido o chileno Aránguiz para o Bayer Leverkusen por 13 milhões de euros, rendendo mais uma boa cifra aos cofres colorados.  

E quem não se lembra do atacante Nilmar? Em 2009, o jogador saiu por 16,5 milhões de euros para reforçar o Villarreal, da Espanha. A negociação rendeu R$ 45 milhões aos gaúchos. Vale ressaltar que na época o real estava mais valorizado com relação ao euro. 

As cifras da negociação de Yuri Alberto são tão elevadas que apenas o percentual destinado ao Internacional consegue manter o jogador na liderança de vendas. É bom frisar que o Colorado detinha 75% dos seus direitos econômicos. Se for colocar na ponta do lápis, o clube do Beira-Rio abocanhou R$ 90,6 milhões com a venda da jovem promessa.  

Em declaração ao “Central do Mercado”, do Globoesporte.com, o presidente do Inter, Alessandro Barcellos, comentou sobre o êxito da negociação. 

– Existem pelo menos três partes nesse processo: jogador, clube adquirente e clube vendedor. As três partes precisam chegar a denominadores comuns, seja de valores, de prazos, de pagamentos. Um conjunto de quesitos que fazem com que a negociação seja complexa. Falamos da possibilidade da maior venda da história do Internacional – disse.  

Éderson, volante do Corinthians, vai reforçar a Salernitana, da Itália 

Nesta sexta-feira (28), o Corinthians confirmou oficialmente a transferência do volante Éderson, de 22 anos, para a Salernitana, da Itália.

Em nota divulgada, o clube paulista não revelou os detalhes da negociação, informando apenas que o jogador já foi liberado para viajar à Europa e realizar exames médicos em seu novo clube.  

O Corinthians exerceu uma cláusula que havia no contrato de empréstimo de Éderson junto ao Fortaleza, que permitia a liberação imediata do volante caso recebesse uma preposta para negociá-lo em definitivo. O negócio com o clube italiano foi fechado por cerca de 6,5 milhões de euros (R$ 39 milhões na cotação atual), segundo o “Globoesporte.com”. Vale ressaltar que o Timão detém 70% dos direitos econômicos do atleta.  

Em 2020, Éderson saiu do Cruzeiro para o Corinthians, mas nunca conseguiu se firmar na equipe titular. Emprestado ao Fortaleza, o volante fez uma boa temporada no ano passado. Vestindo a camisa do Timão, ele atuou em 25 jogos e balançou as redes três vezes.

Quem deve ser o próximo a deixar o Timão é o atacante Jonathan Cafú.  

Leo Santos
865 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...

Artigos mais recentes