18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Vagner Mancini não é mais técnico do Grêmio; Roger Machado assume a vaga

Não resistiu! No início da tarde desta segunda-feira (14), o Grêmio anunciou a demissão de Vagner Mancini, que foi muito vaiado após o empate contra o Juventude em 1 a 1, no último domingo. O responsável por anunciar a demissão do treinador foi o vice-presidente de futebol, Dênis Abrahão, em entrevista à Rádio Gaúcha.  

Saiba como apostar nos jogos da Copa do Brasil

O dirigente comunicou ao técnico sobre a decisão durante encontro na parte da manhã, no CT Luiz Carvalho. O presidente Romildo Bolzan Jr., que esteve no centro de treinamento mais cedo, acabou não participando da reunião. De acordo com o vice de futebol, a saída do treinador ocorreu em função do “ambiente externo”. 

– O Vagner é um cara sensacional, que levou a fama de ter colocado o Grêmio na segundo divisão, que é totalmente injusta. E a pressão popular foi muito forte. Ontem a reação da torcida foi demasiadamente grande. E eu cheguei à conclusão, junto com o presidente, que o momento é de mudança e vamos mudar já – disse Denis Abrahão.  

Esta foi a segunda passagem de Mancini pelo Grêmio, que chegou em outubro do ano passado para substituir Luiz Felipe Scolari. Ao todo, o técnico comandou o time em 18 partidas, conquistando nove vitórias, três empates e seis derrotas, com um aproveitamento de 55,55%. 

Para o lugar de Vagner Mancini foi contratado Roger Machado, também velho conhecido da torcida do Grêmio. Ele assinou contrato por uma temporada. Junto com ele, volta ao clube o preparador físico Paulo Paixão.

Revista inglesa coloca Veron e Endrick, do Palmeiras, entre as grandes promessas do futebol mundial

A revista inglesa “Fourfourtwo” divulgou uma lista com as 50 principais promessas do futebol mundial, e os brasileiros Gabriel Veron e Endrick, do Palmeiras, aparecem entre elas. A relação inclui nomes importantes que atuam em gigantes europeus e outros que são menos conhecidos, como é o caso dos jogadores palmeirenses. Veron, de 19 anos, está na 17ª colocação, enquanto Endrick, de 15, figura no Top 10. 

Segundo a revista, o meio-campista Jude Bellingham, do Borussia Dortmund, é o maior destaque entre os jovens jogadores. Pedri e Ansu Fati, ambos do Barcelona, completam o Top 3. Veja abaixo a lista completa dos 50 nomes. 

1º – Jude Bellingham (Borussia Dortmund)
2º – Pedri (Barcelona)
3º – Ansu Fati (Barcelona)
4º – Harvey Elliott (Liverpool)
5º – Jamal Musiala (Bayern)
6º – Gavi (Barcelona)
7º – Fabio Carvalho (Fulham)
8º – Endrick (Palmeiras)
9º – Florian Wirtz (Bayer Leverkusen)
10º – Gravenberch (Ajax)
11º – Livramento (Southampton)
12º – Moukoko (Borussia Dortmund)
13º – Camavinga (Real Madrid)
14º – Reyna (Borussia Dortmund)
15º – Diallo (Manchester United)
16º – Doku (Rennes)
17º – Gabriel Veron (Palmeiras)
18º – Delap (Manchester City)
19º – Madueke (PSV)
20º – Patino (Arsenal)
21º – Moriba (RB Leipzig)
22º – Hzolek (Sparta Praga)
23º – Musah (Valencia)
24º – Nuno Mendes (PSG)
25º – Sulemana (Rennes)
26º – Elanga (Manchester United)
27º – Pino (Villarreal)
28º – Gordon (Liverpool)
29º – Vranckx (Wolfsburg)
30º – Cherki (Lyon)
31º – Gelhardt (Leeds)
32º – Facundo Farias (Colon)
33º – Mohamed-Ali Cho (Angers)
34º – Palmer (Manchester City)
35º – Ramsay (Aberdeen)
36º – Hutchinson (Arsenal)
37º – McAtee (Manchester City)
38º – Sucic (RB Salzburg)
39º – Aertssen (Ajax)
40º – Sesko (RB Salzburg)
41º – Mejbri (Manchester United)
42º – Netz (Borussia Monchengladbach)
43º – Johannesson (Copenhaga)
44º – Shoretire (Manchester United)
45º – Unuvar (Ajax)
46º – Akhomach (Barcelona)
47º – Clark (RB Leipzig)
48º – Chrisene (Aston Villa)
49º – Kozlowski (Union SG)
50º – Kobe Bellingham (Birmingham) 

Leo Santos
856 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...

Artigos mais recentes