18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Técnico do Manchester United fala de punição a Cristiano Ronaldo: ‘Temos padrões’

Cristiano Ronaldo desfalca o Manchester United contra o Chelsea
Cristiano Ronaldo desfalca o Manchester United contra o Chelsea. Foto: IMAGO / PA Images

O craque português Cristiano Ronaldo será o principal desfalque do Manchester United no clássico contra o Chelsea neste sábado, às 13h30 (horário de Brasília), pelo Campeonato Inglês. Ele foi afastado pelo clube por indisciplina. No último jogo, contra o Tottenham, CR7, revoltado por não ter sido utilizado pelo técnico Erik ten Hag, deixou o banco de reservas antes do apito final. Nesta sexta-feira, em entrevista coletiva, Ten Hag falou sobre o assunto.

Saiba como apostar na Champions League

– Depois do Rayo, eu disse que era inaceitável, mas ele não foi o único. Aquilo era para todos. Quando é a segunda vez, há consequências. É o que fizemos. Perdemos ele amanhã, é uma perda para nós, para o elenco, mas acho que é importante para a atitude e a mentalidade do grupo – começou por dizer Ten Hag.

– (Vamos lidar) Como fizemos. Eu sou o técnico, sou o responsável pela cultura esportiva aqui e tenho que determinar padrões e valores e controlá-los. Estamos em um time, então temos padrões. Penso que haverá reflexão dele, mas também de todos – acrescentou.

Apesar de ter afastado Cristiano Ronaldo, o técnico Erik ten Hag deixou claro que ainda conta com o jogador para a sequência da temporada. Ele enxerga no craque uma “parte importante do elenco”.

Enquanto não volta aos treinamentos com o time principal, Cristiano Ronaldo tem trabalhado com o time sub-21 do United.

O craque também falou sobre o seu ato de indisciplina nas redes sociais:

“Comecei muito jovem, os exemplos de jogadores mais velhos e experientes sempre foram muito importantes para mim. Por isso, mais tarde, sempre tentei dar o exemplo para os jovens que cresceram em todas as equipes que representei. Infelizmente, isso nem sempre é possível e às vezes o calor do momento leva a melhor (…)”.

Vale lembrar que na última janela de transferências, Cristiano Ronaldo tentou de todos os jeitos deixar o Manchester United com o intuito de disputar a Champions League. Mas não conseguiu um clube que quisesse pagar o seu astronômico salário.

Leo Santos
1162 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...

Artigos mais recentes

Corinthians vence o São Paulo, no Morumbi, e acaba com jejum de seis anos

Botafogo empresta Jeffinho ao Lyon, time de Textor na França

Neymar deve ser eleito o melhor jogador do ano pela Fifa, afirma ídolo do Manchester United