18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Seleção: sem jogadores da Premier League, Tite prepara equipe para Eliminatórias

Sem os jogadores do Campeonato Inglês, que não foram liberados por seus clubes por conta da pandemia da Covid-19 (que ainda preocupa), a Seleção Brasileira se prepara para a disputa de três jogos das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo. Nesta quinta-feira, o desafio será contra o Chile, às 22h (horário de Brasília), em Santiago. Depois (domingo), às 16h, o jogo será contra a Argentina, na Neo Química Arena. Na quinta (dia 9), a partida será contra o Peru, na Arena de Pernambuco, às 21h30.

Saiba como apostar em futebol.

Uma das novidades da Seleção Brasileira, o atacante Hulk, de 35 anos, falou sobre o primeiro confronto da “maratona”.

– Jogo de garra e de guerra. Jogo que requer muita atenção e foco – disse o jogador, que é o destaque do Atlético-MG na temporada.

– Acho que o que mudou em mim foi que hoje tenho mais experiência que vamos adquirindo ao longo tempo. Hoje estou mais confiante, jogo mais próximo do gol, acho que é isso. Volto depois de mais de cinco anos, com 35, mas muito maduro, muito confiante do que posso fazer. Vivo bom momento e isso me dá mais força para ficar à disposição de Tite para dar meu melhor – analisou.

Outra novidade na Seleção, o volante Edenilson, destaque do Internacional, falou sobre a sua convocação. É a primeira oportunidade dele com a Amarelinha.

– Quando acontece pela primeira vez a gente se pergunta, se vê pensando nos motivos. Acredito que a minha regularidade e crescimento dentro do clube como atleta e profissional foi o que me trouxe até aqui, o rendimento regular nesse período em que estou no Internacional e esse crescimento. Espero corresponder às expectativas e poder voltar depois e ajudar o meu clube – disse o jogador de 31 anos.

– Foi tudo coisa de Deus, planejada por ele. Tive conversas para sair (do Internacional), assim como tive em outros anos. Para mim, a coisa que mais faz sentido é isso. Estava escrito que não era para sair, que era para estar aqui hoje. Estou muito feliz – acrescentou.

Além de Hulk e Edenilson, foram convocados por Tite para os lugares dos “ingleses” os goleiros Everson (Atlético-MG) e Santos (Athletico-PR), o zagueiro Miranda (São Paulo), o meia Gerson (Olympique de Marseille), e os atacantes Malcom (Zenit) e Vinicius Júnior (Real Madrid).

O volante Matheus Nunes, do Sporting, também foi chamado, mas resolveu não se apresentar à Seleção. Ele também tem nacionalidade portuguesa e escolheu defender a seleção lusitana.

A Seleção já treinou completa nesta terça-feira, no CT do Corinthians. O zagueiro Marquinhos e o atacante Neymar, do PSG, foram os últimos a se apresentarem.

Para lembrar. Os “ingleses” que não foram liberados para a Seleção:  Alisson, Ederson, Thiago Silva, Fabinho, Fred, Gabriel Jesus, Richarlison, Roberto Firmino e Raphinha.