18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Seleção Brasileira vence o Peru com facilidade e segue 100% nas Eliminatórias

A Seleção Brasileira segue sobrando nas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo. Nesta quinta-feira, vitória tranquila de 2 a 0 sobre o Peru, na Arena de Pernambuco. Everton Ribeiro, que teve mais uma ótima atuação, e Neymar, que se tornou o maior artilheiro do Brasil na competição, fizeram os gols. Com o resultado, a equipe do técnico Tite segue na liderança e com 100% de aproveitamento (8 vitórias em 8 jogos – 24 pontos).

Saiba como apostar em jogos de futebol.

A Seleção Brasileira começou com a corda toda. Envolvente, criou várias chances de gol e poderia ter ido para o intervalo com uma goleada. Poderia… Apenas Everton Ribeiro e Neymar aproveitaram as oportunidades. Ney fez a jogada do primeiro gol. Roubou a bola do adversário e cruzou. Gabigol não conseguiu a finalização, mas Everton Ribeiro sim: 1 a 0. O segundo gol saiu após a bola sobrar para Everton Ribeiro. Ele soltou a bomba, o zagueiro cortou e a bola sobrou para Ney empurrar para a rede: 2 a 0.

No segundo tempo, a Seleção diminuiu bastante o ritmo e nem as substituições fizeram o Brasil repetir a ótima atuação do primeiro tempo. A equipe de Tite administrou o placar. O que se viu mais foi um Neymar caçado em campo, sem espaço para criar as jogadas. E ficou assim: Brasil 2 x 0 Peru.

Falando em Neymar, após a partida, em entrevista à Rede Globo, o jogador, que chegou a 12 gols em Eliminatórias com a camisa da Seleção Brasileira, desabafou.

– Coletivo é o mais importante, sempre prezei isso. Ao mesmo tempo, fico muito contente de ser de ser recordista de artilheiro das Eliminatórias, ser o maior assistente com a camisa da Seleção Brasileira e logo menos, se tudo caminhar bem, passar o Pelé. Estou muito feliz. Não sei mais o que faço com essa camisa para a galera respeitar o Neymar – disse Neymar, que foi chamado de “gordo” por muitos após a vitória da Seleção sobre o Chile, fora de casa.

– Isso é normal, não é comigo. Isso vem há muito tempo, de vocês repórteres, comentaristas e outros também. Às vezes nem gosto mais de falar em entrevistas, mas em momentos importantes venho dar meu parecer… Todos os tipos. Deixar para a galera pensar um pouco aí – acrescentou o craque do PSG.

O técnico Tite também conversou com a impensa após a partida. Confira abaixo alguns trechos.

Gramado do jogo“Com campo bom é outro jogo. A velocidade de execução das jogadas, o raciocínio é rápido”.

Próximas convocações“Não costumo vir aqui para a imprensa, externar uma opinião e falar outra na frente deles. Isso gera credibilidade. A menos que haja alguns componentes diferenciados a gente muda de opinião. Desempenho em alto nível, concorrência em alto nível te eleva. Seja leal e com a concorrência nós vamos buscar cada vez mais. Teremos dificuldades de convocação. Jogador bom, qualquer escolha é boa e vai acertar”.

Dupla Neymar e Gabigol“Neymar jogou do mesmo jeito que jogou contra Chile e ia jogar contra a Argentina. Temos privilegiado a posição dele, que é um jogador diferente. É um processo criativo. Não vou ficar tolhendo. Tem liberdade. Inclusive com Gabriel Barbosa fazendo compactação. Gabriel fez um grande jogo então tem essa combinação e ele joga do mesmo jeito”.

Nível do Brasil para a Copa do Qatar“Às vezes as pessoas fazem perguntas lá na frente e eu olho para o próximo passo. Olho para todas as adversidades que tivemos aqui de convocação e reconvocação. Por exemplo, o técnico do Chile veio antes do jogo falar comigo: “Nós temos que de alguma forma nos manifestar para que isso não aconteça, independente de vocês terem sido prejudicados no número de atletas, para nós termos um respeito maior.” E eu concordo”.

Confira outros resultados das Eliminatórias Sul-Americanas (10ª rodada)

Uruguai 1 x 0 Equador

Paraguai 2 x 1 Venezuela

Colômbia 3 x 1 Chile

Argentina 3 x 0 Bolívia

Confira a classificação no link