18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Seleção Brasileira vence a Arábia Saudita e vai às quartas nas Olimpíadas

Richarlison decidiu mais uma vez, a Seleção Brasileira venceu a Arábia Saudita por 3 a 1, nesta quarta-feira, em Saitama, e se classificou para as quartas de final das Olimpíadas de Tóquio. Matheus Cunha abriu o placar para o Brasil, a Arábia Saudita empatou com Al Amri e o Pombo com dois gols decidiu a partida. Agora, a Seleção encara o Egito nas quartas de final. Três gigantes, Alemanha, França e Argentina, ficaram pelo caminho.

Saiba como apostar nas Olimpíadas.

– No mata-mata a gente vai estar ainda mais entrosado. Agora vamos comemorar, ainda mais com Alemanha fora, que é felicidade em dobro. Amanhã já começam os treinos e a gente tem que estar focado para o mata-mata – disse Richarlison, artilheiro da competição com cinco gols, à Gazeta.

A Seleção Brasileira terminou a fase de grupos na primeira colocação do Grupo D com sete pontos. Foram duas vitórias (sobre Alemanha e Arábia Saudita) e um empate (contra Costa do Marfim).

Sobre o jogo, não foi uma atuação brilhante da Seleção Brasileira, longe disso. No primeiro tempo, principalmente, o time do técnico André Jardine encontrou muitas dificuldades para criar. Aos 13 minutos, uma das poucas chegadas do Brasil. Matheus Cunha abriu o placar de cabeça após escanteio cobrado por Claudinho. A vantagem não durou muito. A Arábia Saudita empatou com Al Amri também de cabeça. Em seguida, a Seleção desperdiçou duas boas chances, as duas com Antony.

No segundo tempo, sabendo da vitória parcial da Costa do Marfim sobre a Alemanha, resultado que tirava a Seleção da primeira colocação, o Brasil partiu para o ataque. Após desperdiçar algumas chances inacreditáveis, uma delas com Matheus Cunha que acertou a trave, Richarlison apareceu e resolveu. Aos 30 minutos, após cruzamento na área de Daniel Alves, a zaga da Arábia rebateu, Bruno Guimarães ajeitou e Richarlison completou para o gol de cabeça. Aos 47 minutos, a tranquilidade. Reinier fez boa jogada pela direita e bateu cruzado para Richarlison marcar: 3 a 1 e classificação garantida.

– Fico muito feliz de estar marcando gols. Tenho que agradecer meus companheiros, porque eles estão fazendo um excelente trabalho. Por isso que a bola está chegando redonda lá na frente. Estou aproveitando as oportunidades. Agradecer a toda a equipe, que vem trabalhando duro – disse Richarlison.

O artilheiro falou, por fim, sobre a sua grande inspiração: o ex-jogador Ronaldo Fenômeno.

– Quando eu cheguei ao estádio em Yokohama, nos deparamos com as fotos dele (Ronaldo), dos gols contra a Alemanha. E é de arrepiar. O Ronaldo é nosso ídolo do futebol brasileiro e a gente tenta se inspirar ao máximo nele. É o que a gente vem fazendo e tomara que a gente continue fazendo esses gols aí – finalizou.

A Seleção Brasileira volta a campo no sábado, às 7h, em Saitama, para enfrentar o Egito, pelas quartas de final.

Escalação da Seleção Brasileira: Santos, Dani Alves, Nino, Diego Carlos e Guilherme Arana; Bruno Guimarães (Gabriel Menino), Matheus Henrique, Claudinho (Reinier) e Antony (Malcom); Matheus Cunha (Martinelli) e Richarlison. Técnico: André Jardine.

Os jogos das quartas de final

Coreia do Sul x México

Brasil x Egito

Japão x Nova Zelândia

Espanha x Costa do Marfim