18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Seleção Brasileira: Tite convoca para os próximos três jogos das Eliminatórias

Tite convoca a Seleção Brasileira
Tite convoca a Seleção Brasileira. Foto: Lucas Figueiredo / CBF

O técnico Tite realizou nesta sexta-feira (24/09) a convocação da Seleção Brasileira para os jogos contra Colômbia, Venezuela e Uruguai, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo.

A grande novidade da lista é o atacante Antony, do Ajax, campeão olímpico com a Amarelinha. É a primeira convocação dele para a Seleção principal.

A gente teve uma alteração da forma de atuar no último jogo. A equipe tem mais de dois gols por jogo nas eliminatórias. Quando você tem Neymar, Jesus, Gabigol e Richarlison tem jogadores mais agudos. Quando tem jogadores mais armadores, tem mais tabelinha e jogo triangulado. Com uma escalação você opta por uma forma ou outra.

Quando você traz Antony, tem jogo combinado, Everton Ribeiro também. O que queremos com isso é dar esse equilíbrio para a equipe, para que tenha criatividade sem perder competitividade e resultado. E permanecer com o número de gols que temos feito – explicou o treinador, em entrevista coletiva.

Saiba como apostar no futebol.

A Seleção Brasileira enfrenta a Venezuela, fora de casa, no dia 7 de outubro. No dia 10, encara a Colômbia, também fora de casa. Já no dia 14, recebe o Uruguai na Arena da Amazônia. Para as partidas, a equipe do técnico Tite fará a preparação em Bogotá (Colômbia) por conta da logística.

Lembrando que o Brasil lidera as Eliminatórias com oito vitórias em oito jogos (24 pontos – 100% de aproveitamento). São seis pontos de vantagem para a vice-líder, Argentina.

Os jogadores convocados de times brasileiros desfalcariam as suas equipes nas rodadas 24, 25 e 26 do Campeonato Brasileiro, mas, segundo o dirigente da CBF Juninho, todos terão os seus jogos adiados.

Abaixo, os convocados por Tite:

  • Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras)
  • Laterais: Danilo (Juventus), Alex Sandro (Juventus), Emerson Royal (Tottenham) e Guilherme Arana (Atlético-MG)
  • Zagueiros: Thiago Silva (Chelsea), Marquinhos (Paris Saint-Germain), Éder Militão (Real Madrid) e Lucas Veríssimo (Benfica)
  • Meio-campistas: Casemiro (Real Madrid), Edenilson (Internacional) Fabinho (Liverpool), Fred (Manchester United), Gerson (Olympique de Marselha, Lucas Paquetá (Lyon) e Everton Ribeiro (Flamengo)
  • Atacantes: Antony (Ajax), Matheus Cunha (Atlético de Madrid), Raphinha (Leeds), Vinicius Júnior (Real Madrid), Neymar (Paris Saint-Germain), Gabriel Jesus (Manchester City) e Gabigol (Flamengo).

Confira abaixo a entrevista completa do técnico Tite:

Vinicius Júnior e Paquetá“Tem jogadores que a própria chegada à seleção, interfere no aspecto mental. Como é um atleta jovem desenvolvendo o aspecto mental, quanto mais oportunidades, melhor. Não vamos criar expectativa em um jovem.

A oscilação é normal e natural. Assim como ele, tantos outros vindos da base. Outro exemplo é o Paquetá, que oscilou. A gente vai construindo uma equipe. Esse momento nosso nos permite oportunizar uma série de atletas”.

Edenilson”Edenilson volta pelo que vem fazendo ao longo da campanha, do Brasileiro todo. É versátil, moderno, trabalha em duas, três funções. Acompanhamos no Inter e nos trabalhos conosco. Quando observamos em algum período e nos jogos, também nos treinamentos.

Em interações, pelo desempenho, enfim, ele se justifica por si só por essa versatilidade, pela qualidade e pelo grande momento que vive.”

Ausência de Daniel Alves“Tive um contato com o Dani Alves, por mensagem. Mas é sim uma torcida para que ele encontre o seu melhor caminho. O quanto que ele é importante não só para a Seleção, mas para o futebol brasileiro.

Eu tenho um respeito muito grande. Tem também a concorrência com todos os outros. Estamos torcendo para que a situação dele seja conduzida da melhor forma possível. Para ele competir com Fagner, Danilo, Emerson, Gabriel Menino e diversos atletas”.

Novas chances“O momento é de preparação. Os números tem que ser avaliados, críticas são feitas. Só para te dar o exemplo quantitativo pra avaliarmos qualitativamente. Antes de 2018 convocamos 40 atletas. Não tínhamos tempo para testar jogadores.

Era formar o time, classificar e ir para a Copa. Foi retirada a possibilidade de oportunizar atletas. Agora já foram 52 atletas. Estamos encaminhando bem a classificação. Claro que queremos resultados, mas essa evolução precisa ser feita.

E estamos oportunizando atletas novos e jovens. É visando o Mundial, a partir do momento que estamos muito bem encaminhados”.

Coutinho entre os 40“Quando falamos academicamente na zona 14 (do campo), falamos de Coutinho. O meia criativo, ele é um desses jogadores. Neymar, Paquetá, Claudinho e Everton Ribeiro são também.

Quando procuramos trazer essa criatividade, buscamos esses jogadores para emprestar. Torço para que o Coutinho retome esse padrão”.

Posição do Matheus Cunha“Ele é um híbrido. Não é nem um 9 posicional. É um jogador de movimentação, funcional. Se mandar ele ficar só na área, tu perde a qualidade. Ele roda e tem a chegada na área.

Tem feito gols decisivos. É um jovem com potencial de evolução. Temos que fomentar essa evolução dos atletas. A capacidade de finalização dele é impressionante”.

Retorno de Gerson e concorrência com Fred“São características diferentes. Com o Gerson no 4-1-3-2 numa pressão alta, com liberdade criativa. Na fase defensiva, 4-4-2, deixando dois homens na frente”.

(Cleber Xavier continua) “Ele vinha fazendo um trabalho no Flamengo que acompanhamos de perto. Era um 10 que virou 8. Um segundo meio-campista. Nos agradou muito o trabalho dele diretamente com a gente.

Temos bons jogadores na posição e damos tempo a eles. O Gerson demorou um pouco a vir pois demos essa sequência a ele. Gerson nos dá mais essa criação no meio campo, diferente do Fred”.

Daniel Alves rejeita proposta do Fluminense

O futuro do lateral-direito Daniel Alves, de 38 anos, segue indefinido. Ele rejeitou a proposta do Fluminense. O Tricolor ofereceu um salário de R$ 700 mil mensais, mas o jogador pediu R$ 1 milhão.

O Flamengo, por sua vez, saiu da jogada e não chegou a fazer uma proposta. Athletico-PR, Internacional e Palmeiras foram outros clubes dados como interessados no jogador.

Vale lembrar que Daniel só tem até esta sexta-feira para ser inscrito por outro clube no Campeonato Brasileiro. O jogador está sem clube desde que deixou o São Paulo por conta de um gigante atraso salarial (R$ 18 milhões).