18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Seleção Brasileira conquista a Copa América Feminina e Pia defende a equipe de críticas

Seleção Brasileira Feminina conquistou a Copa América
Seleção Brasileira Feminina conquistou a Copa América. Foto: Thais Magalhães / CBF / Divulgação

De forma invicta e com 100% de aproveitamento, a Seleção Brasileira foi a grande campeã da Copa América Feminina ao vencer a Colômbia por 1 a 0, neste sábado (30). Foram 20 gols marcados e nenhum sofrido durante toda a competição.  

Apesar dos ótimos números, a técnica Pia Sundhage, ao ser questionada sobre a atuação da equipe na decisão contra as donas da casa, saiu em defesa de suas comandadas, mas também foi sincera: 

Saiba como apostar na Copa do Mundo

 – Nós vencemos por 1 a 0. Eu não acho que foi bonito, mas foi eficiente. A Colômbia criou chances, mas nós mantivemos o 1 a 0. Então, sim, eu acho que fomos o melhor time – disse Pia, em entrevista coletiva após a partida. 

A técnica sueca também fez uma análise da competição e projetou os próximos desafios. Ela elogiou muito a defesa da Seleção e disse que o foco a partir de agora é evoluir taticamente, além de fazer da melhor maneira possível a integração das jovens jogadoras com as mais experientes.  

– Acho que foi impressionante não sofrer gols. Antes de tudo, acho que é sobre o aspecto tático. Temos que mudar as táticas. Algumas jogadoras vêm do banco e mudam a partida como gostaríamos, às vezes não. Temos que estar juntas e saber mudar taticamente. É um desafio para as mais jovens, porque jogam com muita emoção. É um desafio juntá-las às mais experientes – analisou Pia. 

Ao lado da treinadora na coletiva, a lateral-esquerda Tamires também fez uma análise do torneio disputado na Colômbia e lamentou a baixa presença de público nas partidas, com exceção da final, que teve 22 mil torcedores no estádio. 

– Acho que o público foi um ponto muito negativo. Hoje foi uma excelente torcida, mas nos últimos jogos tivemos muito pouco público. Acho que falta mais divulgação. O futebol feminino vem evoluindo mundialmente, e o nosso continente tem que evoluir junto com tudo que vem acontecendo. Espero que na próxima Copa América esteja melhor – disse a lateral. 

Leo Santos
744 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...

Artigos mais recentes