18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

São Paulo encaminha a venda de Rigoni para o Austin FC, dos EUA

Rigoni está de saída do São Paulo
Rigoni está de saída do São Paulo. Foto: IMAGO / Fotoarena

Ao que tudo indica, o argentino Emiliano Rigoni não vestirá mais a camisa do São Paulo. Isso porque o clube paulista encaminhou a venda do camisa 7 para o Austin FC, dos Estados Unidos. Ele provavelmente ficará de fora dos relacionados para a partida contra o América-MG, nesta quinta-feira (28), pelas quartas de final da Copa do Brasil.  

Saiba como apostar na Copa do Brasil

O Tricolor Paulista, inclusive, já encaminhou a documentação do atacante à CBF para rescindir seu contrato e concretizar a venda para o clube norte-americano. A informação foi divulgada pelo jornalista André Hermán.

Após sinalizar uma proposta que giraria em torno de 4 milhões de dólares (cerca de R$ 21 milhões), o Austin FC enviou ao time paulista a documentação com a oferta logo depois de conseguir resolver uma pendência na MLS quanto ao número de estrangeiros permitidos por equipe na liga.  

Vale destacar que, no início desta semana, a equipe dos Estados Unidos concretizou a venda do paraguaio Cecílio Domínguez para o Santos, do México. Com isso, abriu-se espaço no orçamento para a contratação de Rigoni. Pelo São Paulo, o atacante argentino disputou 70 partidas e marcou 13 gols.

Uns saem, outros chegam. O Tricolor anunciou a contratação do meia argentino Giuliano Galoppo, de 23 anos, que pertencia ao Banfield. Galoppo vai custar algo em torno de US$ 6 milhões (cerca de R$ 32,5 milhões) aos cofres do Tricolor.

Presidente do Palmeiras explica saída de Verón: ‘Vida extracampo meio difícil'

O Palmeiras vem se movimentando no mercado de transferências com algumas chegadas e saídas. O Alviverde já anunciou as contratações de Miguel Merentiel e José López, além da venda do atacante Gabriel Verón ao Porto, de Portugal, por cerca de 10,5 milhões de euros (R$ 58,78 milhões). E não vai parar por aí! 

Com a abertura da janela de transferências, a presidente Leila Pereira afirmou que o clube continua atento ao mercado para reforçar ainda mais o elenco, mas admitiu que há limitações no momento.  

– O Palmeiras está sempre aberto a oportunidades. Estamos em busca de reforços para deixar nosso elenco mais forte, sim. 

– Isto quem define é a nossa comissão técnica e nosso treinador. Estaremos sempre atentos ao mercado para boas situações onde possamos trazer sempre os melhores para o Palmeiras. Vocês sabem, não somos ilimitados. Como todo clube brasileiro, temos problemas de fluxo de caixa e precisamos de responsabilidade financeira – disse Leila, durante encontro de presidentes na CBF.  

A mandatária do Palmeiras também explicou o modelo do negócio realizado com o Porto para a venda de Gabriel Verón:

– Se ele pudesse ser vendido por mais, certamente seria vendido. Jamais prejudicaria um ativo do Palmeiras. O Verón foi vendido pelo valor dele hoje. O que foi há dois anos e meio atrás… Eu já tive 20 anos, hoje não tenho mais. É hoje. Se no passado valia mais, ele não estava à venda. Hoje o valor dele é este, daqui a um, dois anos pode ser outro. Temos de avaliar o mercado atual.

E finalizou:

– (O Verón) Foi eleito melhor jogador (da Copa do Mundo sub-17) há dois anos e meio atrás e isto valoriza, óbvio e hoje em virtude de lesões, de não ter participado de muitos jogos, uma vida extracampo meio difícil, complicada. O melhor para o atleta e para o clube foi a venda.

Leo Santos
744 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...

Artigos mais recentes