18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Salah vive pior fase pelo Liverpool: ‘Precisa se adaptar’

Salah vive pior fase pelo Liverpool - junho - 2024
Mohamed Salah tem apenas 17 gols na temporada. Crédito: IMAGO / Propaganda Photo

A temporada do futebol na Inglaterra vê a decadência de uma potência e seu principal jogador. O Liverpool é apenas o décimo colocado na Premier League e Mohamed Salah vive sua pior fase desde que se transferiu para os Reds, em 2017.

Difícil dizer o que veio primeiro primeiro, o ovo ou a galinha. A má fase coletiva do Liverpool pesa para o momento ruim de Salah, mas se o atacante egípcio estivesse sendo decisivo como já foi em outras temporadas, a situação poderia ser menos pior.

O fato é que o Liverpool, a 11 pontos do G4, dá cada vez mais sinais de que não conseguirá se classificar para a Champions League na próxima temporada, a não ser que vença a competição na edição atual. Uma equipe tão rica, com tantos jogadores de peso, ficar fora da principal competição europeia seria um grande fracasso.

Salah, por sua vez, vê seu número de gols marcados despencar. Foram apenas 17 em 31 jogos na temporada. No ciclo passado, foram 31 em 51.

John Barnes, ídolo do Liverpool, afirmou em entrevista ao “BonusCodeBets”, site parceiro do Apostagolos.com, que o atacante ainda precisa se adaptar ao novo estilo de jogo do time treinado por Jurgen Klopp.

– Quando você tem um centroavante como Firmino, Salah avançava na diagonal rumo ao gol. Agora o Liverpool está jogando com um diferente tipo de centroavante. Com um meio de campo diferente também. É um estilo de jogo novo.

Liverpool de ressaca?

A tese de que o time está em fase de transformação, com novos jogadores e esquemas táticos, é a mais forte para explicar porque o Liverpool, que foi campeão da Copa da Inglaterra, da Copa da Liga Inglesa, finalista da Champions e vice-campeão inglês brigando pelo título até a última rodada, teve uma queda tão brusca de rendimento e resultados de uma temporada para outra.

Mas a explicação não é a única. Há quem acredite que os Reds atravessam uma espécie de ressaca, causada pela temporada que, ao mesmo tempo que foi muito boa, foi decepcionante. A equipe chegou até o último instante com chances reais de vencer os quatro títulos disponíveis na temporada, um feito que seria histórico, mas no fim das contas acabou conquistando apenas os dois menos importantes.

Thiago Alcântara, meia da equipe, acredita que mentalmente o time sentiu as derrotas na Champions e na Premier League. Algo que se reflete na atual temporada decepcionante do Liverpool.

A justificativa não convenceu John Barnes.

– Poderia ser um fator, mas eles venceram dois títulos desses quatro. Só que as pessoas esquecem. Eu acredito que os problemas com lesão e o fato dessa ser uma temporada de transição, com muitos jogadores contratados e jovens, são causas mais fortes do que a decepção com a temporada. Houve temporadas em que o Liverpool esteve na briga por todos os títulos, não venceu nenhum, e mesmo assim voltou melhor e mais forte na temporada seguinte. Era um grupo estabelecido, de jogadores experientes. Agora é um elenco formado recentemente, com muitos jogadores jovens. Isso explica a inconsistência para mim.

Eliminado na Copa da Liga para o Manchester City e na Copa da Inglaterra para o Brighton, restou ao Liverpool na temporada a Premier League e a Champions League. Na competição doméstica, o objetivo é tentar uma arrancada para ao menos alcançar o grupo dos quatro primeiros que se classificam para a Champions.

A única grande chance de título reside no torneio europeu de clubes. Os Reds vão enfrentar o Real Madrid nas oitavas de final. O primeiro jogo do duelo, uma repetição da final na última temporada, será dia 21, na Inglaterra.

Miguel Ladeira
1702 artigos
Jornalista brasileiro com mais de 5 anos de experiência na área de apostas online.