18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Ronaldo alfineta seleção e vê Ancelotti ou Guardiola como boas opções de técnico

ronaldo nazario
Ronaldo avalia a Copa do Mundo 2022. IMAGO / Agencia EFE

Ronaldo Fenômeno viveu intensamente a Copa do Mundo do Catar. O ex-jogador brasileiro assistiu diversos jogos da competição e esteve presente em grandes momentos do evento esportivo. Agora, antes de descansar, Ronaldo conversou com o Apostagolos.com.

Na entrevista, Ronaldo avaliou a Copa do Mundo, contou o que mais o decepcionou no time do Brasil. “Só nos faltou um pouco de estratégia depois de termos marcado o gol naquele jogo contra a Croácia. Temos que aprender a lidar melhor com a vantagem”, alfinetou o fenômeno.

Ele revelou, ainda, por que admira Kylian Mbappé. Além disso, o craque falou quais são suas expectativas para o próximo técnico da Seleção Brasileira, destacando Carlo Ancelotti e Pep Guardiola como boas opções para a CBF.

Confira a entrevista com Ronaldo Fenômeno

O ex-jogador e craque do pentacampeonato do Brasil conversou com exclusividade com a equipe do Apostagolos.com.

Qual o seu veredito sobre a Seleção Brasileira na Copa do Catar, em que o time chegou como o grande favorito?

Apesar de ter sido eliminada nas quartas-de-final, a Seleção Brasileira jogou uma grande Copa do Mundo. Só nos faltou um pouco de estratégia depois de termos marcado o gol naquele jogo contra a Croácia. Temos que aprender a lidar melhor com a vantagem. Não necessariamente tentar com todas as nossas forças fazer um segundo gol, mas sim ganhar tempo, chutar na arquibancada, deixar a bola circular melhor para que o adversário só corra atrás e perca a fé em virar o jogo, mantendo o time cada vez mais distante do gol. Era a única coisa que faltava no Brasil.

Neymar será capaz de superar essa perda rapidamente ou ele pode ficar desanimado em 2023?

Certamente, Neymar está muito triste com a eliminação, também porque ele focado na Copa do Mundo e ele queria se tornar, finalmente, campeão mundial. É claro que o Neymar está profundamente desapontado no momento e precisará de algumas semanas para se recuperar disso, mas estou convencido de que ele se levantará novamente e voltar ainda mais forte, porque vai aprender muita coisa positiva com essa experiência.

Neymar está pensando em encerrar prematuramente sua carreira na seleção nacional. Você acha que ele vai voltar a vestir a camisa da seleção?

Agora ele está triste, e tudo bem. Mas ele ainda é jovem. Aos 31 anos, ele ainda pode facilmente jogar a próxima Copa do Mundo (em 2026 nos EUA, Canadá e México). Ele é muito popular no Brasil agora, porque se identifica tão bem com a sua seleção, dá sempre o seu melhor e fez de tudo nos últimos seis meses para estar em sua melhor forma para esta Copa do Mundo no Catar.

Aliás, ele se esforçou para estar apto para esta Copa do Mundo no Catar, e ele conseguiu isso, com certeza absoluta. Além disso, foi impressionante a maneira como se recuperou da lesão no tornozelo do primeiro jogo contra a Sérvia. Contra a Croácia, ele foi um jogador da melhor qualidade. Ele continua sendo uma peça importante da Seleção. Tenho certeza que voltará ainda mais forte para o Paris Saint Germain e atacará com vigor renovado. Neymar quer ganhar a Champions League com o PSG.

Gabriel Martinelli é o atacante do futuro da Seleção Brasileira?

Ele é definitivamente um grande trunfo, está se desenvolvendo maravilhosamente no Arsenal e mostrou seu potencial na fase de grupos no Catar. Ele certamente se destacará na Copa do Mundo de 2026. Nós estamos muito animados com ele. O que mais me impressiona é que ele joga com muita paixão e autoconfiança.

O técnico da seleção, Tite, deixou o cargo após a eliminação da Copa do Mundo. Quem você gostaria de ver como seu sucessor?

Já vi os nomes de Carlo Ancelotti e Pep Guardiola sendo cogitados. Não sei se é verdade ou não, mas acho que um técnico estrangeiro não seria um problema, na minha visão. Eu acho que essa mudança poderia ser mesmo bem-vinda. Seria uma boa notícia ver Ancelotti ou Guardiola nessa posição.

O que você achou da rival Argentina ter vencido esta Copa do Mundo naquela final inesquecível?

Eu estaria mentindo se dissesse que estava ansioso para ver o triunfo dos argentinos. Mas vejo o futebol como algo romântico…A Argentina pode não estar jogando o futebol mais bonito, mas está jogando com uma incrível paixão e desejo. Todos os argentinos jogam e correm junto. E eles têm Lionel Messi, que pode fazer a diferença a qualquer momento, como voltou a fazer nesta grande final.

Messi voltou a sua antiga forma nesta Copa do Mundo?

Messi teve muitos pontos altos na Copa, salvou seu país várias vezes. Ele se move muito habilmente entre as linhas, e assim que ele se aproxima do área do adversário, ele é quase impossível de ser parado. Ele merecia ser campeão mundial!

Ronaldo - janeiro - 2023
Ronaldo Nazário opina sobre a Copa do Catar. Foto: IMAGO / Xinhua

Qual a final que você queria ter visto?

Antes da Copa do Mundo começar, eu queria uma final entre França e Brasil. Essa também era a minha previsão. O Brasil já foi eliminado nas quartas de final, mas pelo menos a França atendeu às minhas expectativas.

Até que ponto você gostou do desempenho dos franceses durante o torneio?

Desde o início estiveram muito presentes e mostraram que queriam ser novamente campeões do mundo. Aos meus olhos, eles eram os grandes favoritos. A equipe é forte em todas as posições. Eles conseguiram compensar as diversas ausências de atletas devido a lesões sem problemas, o que dificilmente qualquer outra seleção conseguiria fazer.

Além disso, a equipe da França tem uma defesa forte, mas também um potencial incrível no ataque. O meio-campo também estava ficando cada vez mais forte, e o fato de alguns jogadores estarem ausentes por motivo de problemas de saúde não atrapalhou nem interrompeu o ritmo dos franceses. Isso diz tudo sobre a qualidade desta equipe que está prometendo um grande futuro.

Qual foi o momento chave para você nesta Copa do Mundo?

A partida das quartas de final entre França e Inglaterra (2-1). Os times estavam definitivamente empatados, foi um pouco como o Brasil contra a Croácia. Pequenos detalhes fizeram a diferença nesses jogos.

Qual jogador você destacaria na França?

Kylian Mbappé, claro. Ele jogou uma excelente Copa do Mundo desde o primeiro jogo até a final. Mesmo quando não marcou, seja contra a Inglaterra nas quartas de final ou contra o Marrocos nas semifinais, ele foi decisivo todas as vezes, com assistências inteligentes. Na final, ele foi fantástico com quatro gols (incluindo a disputa de pênaltis). Tecnicamente, ele é fantástico, é quase imparável e poderia ter sido eleito o melhor jogador da Copa do Mundo, pois ele merece muito. Muitos atacantes nesta Copa do Mundo foram rápidos, mas ele é de longe o mais rápido.

Ou seja, como você costumava ser como jogador…

Na verdade, quando o vejo jogar, ele me lembra dos meus melhores momentos. Ele sabe exatamente como explorar os espaços abertos, como ser imprevisível com e sem bola, e a melhor forma de sair de situações de um contra um. Ele é impressionante.

Marcela Medeiros
154 artigos
Marcela Medeiros é jornalista da área de economia há 10 anos. Trabalhou em grandes veículos de comunicação no Rio de Janeiro, como os jornais Ex ...

Artigos mais recentes

Corinthians vence o São Paulo, no Morumbi, e acaba com jejum de seis anos

Botafogo empresta Jeffinho ao Lyon, time de Textor na França

Neymar deve ser eleito o melhor jogador do ano pela Fifa, afirma ídolo do Manchester United