18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Romano revela o que ainda pode acontecer até o fim da janela de transferências e fala em saída de Matheuzinho, do Flamengo

Matheuzinho pode deixar o Flamengo
Matheuzinho pode deixar o Flamengo. Foto: IMAGO / Fotoarena

A janela de transferências nas principais ligas europeias está prestes a fechar: 1º de setembro é a data limite para contratações na Alemanha, Espanha, França, Inglaterra e Itália. É difícil imaginar outra contratação tão grande quanto a saída de Casemiro do Real Madrid, rumo ao Manchester United. Mas Fabrízio Romano, considerado um dos maiores jornalistas do mundo quando o assunto é negociação de jogadores, alerta: há outras tratativas em curso que podem ser concluídas no apagar das luzes.

Saiba como apostar na Champions

Em entrevista ao site Wettfreunde, Romano, destacou a transferência de Antony para o United, negociado pelo Ajax, da Holanda. O clube inglês confirmou nesta terça-feira (30) o acordo com as partes. Outro brasileiro de peso no futebol europeu tenta mudar de clube: o volante Arthur. Ele quer deixar a Juventus, mas a transferência para o Valencia fracassou nas últimas semanas. Mas o jogador da seleção brasileira continua no mercado. Até o fim da janela, pode conseguir a mudança para a temporada.

No mercado brasileiro, Romano afirmou que um jogador pode deixar o país nas próximas horas, rumo ao futebol europeu: o lateral-direito Matheuzinho, do Flamengo.

– Ele é um dos meus talentos favoritos. Ele poderia se mudar para o futebol europeu. Talvez para a Bundesliga, antes do final da janela. Nunca é fácil completar transferências sul-americanas para clubes europeus em dois ou três dias. Então vamos ver se eles têm tempo suficiente para completar a mudança agora ou talvez em janeiro. Matheus pode ser o próximo a sair do Flamengo para um importante clube europeu – afirmou.

Novela Cristiano Ronaldo e última tentativa do Liverpool

De acordo com Romano, A definição do futuro de Cristiano Ronaldo é uma novela que deve se arrastar até o último segundo. O atacante português já deixou claro que deseja deixar o Manchester United para atuar por uma equipe que esteja disputando a Champions League.

O craque enfrenta dificuldades para encontrar uma equipe interessada em um dos maiores artilheiros de todos os tempos. Existe o risco de ter de se contentar com a permanência em Old Trafford. A única certeza de Romano: ele fará de tudo para evitar que isso aconteça.

– Posso garantir cem por cento que Jorge Mendes, seu representante, está tentando encontrar soluções. Ele trabalha nos bastidores. Está tentando fazer o mesmo movimento do verão passado. Era quase impossível transferir Ronaldo no verão passado, quando ele estava na Juventus. No final, ele encontrou essa oportunidade do Manchester United, nos últimos dias da janela. Ele estava tentando com o Napoli, mas não é nada fácil. Ele voltou a sondar os clubes alemães – Bayern de Munique e Borussia Dortmund – no início de agosto. O mesmo com os clubes ingleses, com o Chelsea, mas Thomas Tuchel, técnico dos Blues, não está absolutamente convencido sobre esse tipo de acordo. Jorge Mendes ainda está tentando, ainda pressionando. Então vamos ver se ele vai encontrar uma solução.

Além do próprio United, que assombrou o mercado ao contratar, além de Casemiro, Antony – o Ajax dava todos os sinais de que não negociaria o atacante da seleção brasileira – outro peso pesado que tenta uma última cartada antes da janela de transferências fechar é o Liverpool. O clube de Anfield Road chegou a conclusão de que precisa reforçar o setor de meio de campo. Os Reds já contrataram Darwin Núñez, centroavante, Fábio Carvalho, meia, e Calvin Ramsey, lateral-direito.

Jude Bellingham, volante inglês de 19 anos que atua pelo Borussia Dortmund, foi procurado, mas os alemães foram claros e não abriram qualquer negociação. A busca do Liverpool, assim, continua.

– O Liverpool definitivamente tentará contratar um meio-campista. Eles estão explorando muitas possibilidades no momento e não estão em um estágio avançado com nenhum jogador no momento. Eu vi muitos rumores sobre o Liverpool ir atrás de Frenkie de Jong, do Barcelona, mas eles não vão atrás desse tipo de jogador. Eles não vão gastar 80 milhões de euros e um salário maluco por um novo jogador. Eles estão procurando alguém por um bom preço – afirmou Fabrízio Romano.

Os bastidores da ida de Casemiro ao United

O mundo do futebol foi surpreendido com a transferência do brasileiro Casemiro, multicampeão pelo Real Madrid, para o Manchester United. O clube inglês há anos sofre para voltar aos melhores dias e na atual temporada sequer disputa a Champions League. Mesmo assim, conseguiu fechar com o volante, referência tanto na equipe merengue quanto um dos principais jogadores da seleção brasileira para a Copa do Mundo do Catar.

Em entrevista ao site Wettfreunde, Romano admitiu que ele mesmo foi pego de surpresa com a ida do brasileiro para a Inglaterra. Mas, superado o baque, foi possível destrinchar os bastidores de uma das principais contratações na atual janela do futebol europeu.

– Honestamente, foi surpreendente para mim. Mas às vezes, durante um mercado, isso acontece. Especialmente em agosto, quando as oportunidades surgem do nada. Casemiro estava absolutamente feliz no Real Madrid. Mas o mundo inteiro sabia que o Manchester United estava procurando um novo meio-campista. O acordo com Adrien Rabiot, da Juventus, não foi concluído, pois eles não concordaram nos termos do contrato – explicou, para completar em seguida:

– Foi uma longa negociação entre Rabiot e Manchester United e, naquela semana, muitos agentes importantes começaram a trabalhar em potenciais oportunidades para oferecer ao Manchester United. Foi assim que construíram o caminho para Casemiro. Alguns agentes ofereceram a possibilidade. Não era algo considerado possível, por exemplo, em junho ou julho. Mas o United decidiu entrar imediatamente no negócio, quando a chance surgiu.

Diana Figueiredo
155 artigos
Diana Figueiredo é jornalista há mais de 15 anos, carioca e, atualmente, mora em Paris, na França Trabalhou no Jornal Extra e no Jornal O Globo de ...

Artigos mais recentes