18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Preso em Santos (SP) por estupro, Robinho é levado para penitenciária dos presos “famosos” em Tremembé (SP)

Robinho foi preso por crime de estupro
Robinho foi preso por crime de estupro. Foto: IMAGO / Seskim Photo

O ex-jogador de futebol Robson de Souza, o Robinho, foi preso na última quinta-feira, em Santos (SP), por crime de estupro. O jogador foi condenado pela Justiça Italiana a nove anos de prisão e vai cumprir a pena no Brasil. Mais precisamente na Penitenciária de Tremembé (SP), no interior de São Paulo. Ele já foi levado para lá. É a mesma prisão de outros presos “famosos” como Alexandre Nardoni, Gil Rugai e Lindemberg Alves.

Robinho foi preso após decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça). De acordo com informações da imprensa nacional, os advogados do jogador foram surpreendidos com a decisão. Eles achavam que Robinho cumpriria a pena em casa. Pediram o habeas corpus, mas ele não foi concedido.

O crime contra a mulher albanesa aconteceu em 2013, há mais de 10 anos, em uma casa noturna na Itália. Quando foi condenado a prisão no país da Velha Bota (em 2022), Robinho já estava no Brasil e não foi preso.

Robinho segue o mesmo caminho do lateral Daniel Alves, com quem jogou na Seleção Brasileira. Daniel está preso em Barcelona pelo mesmo crime. Como Daniel Alves ainda aguarda a sentença final, a Justiça da Espanha concedeu a ele o benefício de liberdade condicional caso seja paga a fiança de 1 milhão de euros (cerca de R$ 5,38 milhões). Como ainda não pagou, o atleta vai passar o fim de semana na cadeia.

“A CBF, todos os seus dirigentes e a comissão técnica da Seleção Brasileira se solidarizam com as vítimas brutais dos dois crimes cometidos pelos ex-jogadores”, disse a CBF em nota oficial.

Leo Santos
2545 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.