18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Para renovar com Mbappé, PSG oferece quase R$ 24 milhões mensais ao jogador

Mbappé ainda não sabe em qual time jogará na próxima temporada
Mbappé ainda não sabe em qual time jogará na próxima temporada. Foto: Divulgação / PSG

Agora é tudo ou nada! Na tentativa de manter o craque Kylian Mbappé em seu elenco, o Paris Saint-Germain resolveu abrir os cofres. Segundo informações do jornal “Le Parisien”, o clube francês teria oferecido ao jogador um salário anual de 50 milhões de euros (cerca de R$ 287 milhões) e mais luvas de 100 milhões de euros (R$ 573 milhões).

Saiba como apostar na Champions League

Colocando na ponta do lápis, Mbappé receberia quase R$ 24 milhões por mês neste novo contrato com o PSG. Para renovar com o atleta, o clube ainda teria prometido liberá-lo para a disputa dos Jogos Olímpicos de 2024, que serão realizados na capital francesa. O craque já teria externado este desejo.  

O vínculo do atacante com a equipe francesa vai até junho de 2022. Com isso, Mbappé já pode assinar um pré-contrato para sair de graça e acertar com qualquer outro clube. A imprensa europeia vem noticiando que o Real Madrid é o principal favorito para ter o craque. Apesar disso, o PSG ainda não jogou a toalha e tenta, de todas as formas, renovar com seu principal jogador.  

Balotelli analisa a carreira e afirma não ter inveja de Messi e CR7 

O atacante Mario Balotelli, de 31 anos, foi entrevistado pelo site “The Athletic” e demonstrou ser autoconfiante. Atualmente no Adana Demirspor, da Turquia, o jogador, que chegou a estar na mira do Flamengo em 2019, afirmou que não tem inveja de Messi e Cristiano Ronaldo quando o assunto é qualidade técnica.  

– Tenho certeza que minha qualidade está no mesmo nível de Messi e Cristiano, mas deixei passar certas oportunidades, sabe? No momento não posso dizer que sou tão bom quanto Cristiano porque ele ganhou quantas Bolas de Ouro? Cinco? Você não pode se comparar, ninguém pode comparar. Mas se falamos de qualidade para jogar futebol, não tenho nada a invejá-los, para ser honesto – disse o italiano.

Boletelli tem passagens por grandes clubes da Europa, como Inter de Milão, Manchester City, Milan e Liverpool. Segundo ele, quando atuou pelo time de Pep Guardiola, poderia ter sido escolhido o melhor jogador do mundo. Mas, por conta de sua mentalidade na época, isso não aconteceu.  

– Meu maior erro foi sair do City. No ano em que saí, fiz uma boa temporada e meia no Milan, mas depois tive problemas. Todos esses anos vendo eles (City) ficarem cada vez melhores… Poderia ter sido por muito tempo, como Agüero. Se eu tivesse a mentalidade que tenho agora na época do City, teria ganhado uma Bola de Ouro. Eu estou certo disso. Mas você sabe, você cresce e fica mais maduro – afirmou o atacante. 

Após ficar três anos sem atuar pela seleção italiana, Balotelli foi convocado pelo técnico Roberto Mancini em janeiro deste ano. Pelo Adana Demirspor, o atacante faz uma ótima temporada com o time que é quinto colocado do Campeonato Turco com 45 pontos e está na frente de gigantes como Besiktas e Galatasaray. O italiano é um dos destaques da equipe com onze gols e cinco assistências em 24 jogos disputados.

Leo Santos
539 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...