18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Olimpíadas: Seleção Brasileira Feminina vence a Zâmbia e vai às quartas de final

A Seleção Brasileira Feminina de Futebol venceu a Zâmbia nesta terça-feira, em Saitama, por 1 a 0 (gol de Andressa Alves, de falta), e se classificou para as quartas de final das Olimpíadas de Tóquio. O Brasil passou como segundo colocado do Grupo F e vai encarar o forte Canadá nas quartas de final. O duelo será disputado na sexta-feira, às 5h.

– É um jogo de cada vez, somos um grupo fechado, todo mundo é importante, todo mundo conta, e a gente vai forte para as quartas – resumiu Andressa Alves.

–  Não é o melhor nem o pior adversário para enfrentar nas quartas de final. Qualquer equipe que chega às quartas de final tem condições de ir até a final, e nós respeitamos qualquer adversário – disse a técnica, Pia Sundhage.

Não foi uma grande atuação da Seleção Brasileira. Apesar de ter jogado com uma atleta a mais em boa parte do jogo (Mweemba, de Zâmbia, foi expulsa), o Brasil não conseguiu desempenhar o seu melhor futebol. As meninas ficaram presas na forte marcação de Zâmbia e pouco produziram no ataque.

– Elas jogaram duro, principalmente no combate uma contra uma. Foi muito difícil para nós, mesmo tendo uma jogadora a mais. O importante foi ter vencido o jogo – avaliou Pia, por fim.

Saiba como apostar nas Olimpíadas.

Confira os jogos das quartas de final

Japão x Suécia

Grã Bretanha x Austrália

Holanda x Estados Unidos

Brasil x Canadá

Seleção Masculina enfrenta a Arábia Saudita

De olho na classificação para as quartas de final, a Seleção Olímpica enfrenta a Arábia Saudita nesta quarta-feira, às 5h, em Saitama. O Brasil tem quatro pontos e lidera o Grupo D. Venceu a Alemanha por 4 a 2 na estreia e empatou com a Costa do Marfim em 0 a 0 na segunda rodada.

Para o jogo desta quarta, Matheus Henrique ganhará a vaga de Douglas Luiz, suspenso por conta da expulsão contra a Costa do Marfim.

– Matheus é um jogador muito importante no processo olímpico, um dos atletas com mais convocações, mais minutos, foi titular em quase todas as convocações em que esteve com a gente, já foi capitão da equipe, tem entrosamento ótimo com o Bruno Guimarães, e eles vão reeditar a dupla que praticamente jogou todos os jogos do Pré-Olímpico – disse o técnico André Jardine.

Ele também falou sobre o próximo adversário da Seleção Brasileira.

– A Arábia é uma ótima equipe, uma seleção que se classificou com muitos méritos e aqui fez jogos muito equilibrados com Costa do Marfim e Alemanha, jogo decidido no detalhe, poderia ter vencido, acabou perdendo com gol de bola parada no fim. É um jogo dificílimo, não temos expectativa de ter facilidade. Mesmo fora, acreditamos que a Arábia vai fazer uma final de Olimpíada, vai fazer seu último jogo, o jogo de despedida, sabemos o peso que tem ganhar da seleção brasileira. Não tem almoço de graça, vai ser um jogo duro, vale a nossa ambição de sair em primeiro, que é um objetivo nosso – avaliou, por fim.