18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Olimpíada: Seleção Brasileira Feminina joga bem e empata com a Holanda

Em mais uma grande atuação nas Olimpíadas de Tóquio, a Seleção Brasileira Feminina de Futebol empatou com a Holanda neste sábado, em Miyagi, em 3 a 3. Marta, de pênalti, Debinha e Ludmila marcaram os gols do Brasil. Miedema, duas vezes, e Dominique Janssen marcaram para as holandesas. Vale lembrar que a Holanda é a atual vice-campeã mundial e campeã europeia.

Saiba como apostar nas Olimpíadas

– Nessas duas semanas que tivemos para treinar, foi isto o que a Pia (treinadora) me pediu: ficar bem concentrada nas linhas para ter a chance de penetrá-las e, com a minha velocidade, levar perigo às adversárias. Foi o que aconteceu hoje, e foi importante para mim. São as Olimpíadas, e eu estou muito feliz de fazer meu primeiro gol – comentou Ludmila, que marcou o terceiro gol da Seleção Brasileira após um recuo errado da zagueira holandesa.

O Brasil esteve atrás no placar em duas oportunidades, mas mostrou poder de reação e conseguiu virar para 3 a 2. Aos 33 do segundo tempo levou o gol de empate. Foi mais um ótimo dia para o setor ofensivo e não tão bom do setor defensivo. A goleira Bárbara falhou no gol de cabeça da Holanda e a zaga não esteve tão segura como de costume.

– A gente sabia que seria difícil. Se a gente pensar em tudo que fez, acredito que fizemos um bom trabalho. Muita coisa precisa melhorar, principalmente o começo. Contra uma equipe qualificada, temos que estar sempre ligadas. No contexto geral, desempenhamos um bom papel contra uma das melhores equipes da atualidade. Temos um sentimento que podemos fazer mais. Foi equilibrado, podíamos ter saído com a vitória – analisou a craque Marta.

Nada que preocupe muito. O Brasil precisa de apenas um empate contra a frágil Zâmbia em Saitama, terça-feira, às 8h30, para se classificar. A Seleção Brasileira tem quatro pontos em dois jogos no Grupo F até o momento: uma vitória (5 a 0 sobre a China) e um empate. É a segunda colocada, atrás somente das holandesas. Zâmbia e China, que empataram em 4 a 4, possuem um ponto cada.

Seleção Masculina enfrenta a Costa do Marfim

Em busca da segunda vitória nas Olimpíadas de Tóquio, a Seleção Olímpica enfrenta a Costa do Marfim neste domingo, às 5h30, em Yokohama. Em caso de vitória, a Seleção garante a classificação para a próxima fase. O zagueiro Nino e o volante Douglas Luiz ainda não têm presença garantida no jogo. Eles foram poupados do último treinamento.

– Vai ser um jogo difícil. A Costa do Marfim tem muita força na frente. Será um jogo mais físico. Eles são mais imprevisíveis taticamente, o que pode dificultar ainda mais para nós. Vamos ter que entrar com um nível muito alto de concentração e intensidade. Muito ligados desde o início – avaliou o técnico André Jardine.

A Seleção estreou com vitória sobre a Alemanha por 4 a 2 com três gols de Richarlison e um de Paulinho.