18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

O tropeço do PSG; semana da Liga dos Campeões tem surpresas

Jogadores do PSG comemoram
Jogadores do PSG comemoram. Foto: Reprodução Twitter / PSG
Crédito: Reprodução Twitter / PSG

A fase de grupos da Liga dos Campeões começou pegando fogo. E para esta edição já podemos ter a certeza de uma coisa. Time forte no papel não ganha jogo. Grande favorito ao título, o PSG, do trio Messi, Neymar e Mbappé, por exemplo, decepcionou na estreia. Apenas empatou com o Brugge, da Bélgica, fora de casa, em 1 a 1. Ander Herrera, após grande jogada de Mbappé pela ponta, abriu o placar. Vanaken empatou para o Brugge.

Saiba como apostar na Liga dos Campeões.

Messi e Mbappé tiveram alguns lampejos durante a partida. Neymar nem isso. Está longe, mas muito longe de ser o PSG que todos esperam para esta temporada. Para piorar a situação, o atacante francês ainda saiu do jogo machucado. Os jornais franceses, é claro, detonaram a atuação do PSG.

Vale frisar que o grupo do Paris é complicadíssimo. Além do Brugge, figuram na chave Manchester City e RB Leipzig. O City goleou o time alemão na primeira rodada do Grupo A por 6 a 3.

Terça-feira (28-09) tem jogão. PSG x Manchester City, no Parque dos Príncipes, às 16h (horário de Brasília). Será o primeiro grande teste do galático PSG. O Leipzig recebe o Brugge.

Abaixo, todos os resultados da primeira semana de fase de grupos da Liga dos Campeões.

Grupo A

Manchester City 6 x 3 RB Leipzig

Brugge 1 x 1 PSG

Grupo B

Atlético de Madrid 0 x 0 Porto

Liverpool 3 x 2 Milan

Grupo C

Besiktas 1 x 2 Borussia Dortmund

Sporting 1 x 5 Ajax

Grupo D

Sheriff 2 x 0 Shakhtar

Internazionale 0 x 1 Real Madrid

Grupo E

Barcelona 0 x 3 Bayern

Dínamo Kiev 0 x 0 Benfica

Grupo F

Young Boys 2 x 1 Manchester United

Villarreal 2 x 2 Atalanta

Grupo G

Sevilla 1 x 1 RB Salzburg

Lille 0 x 0 Wolfsburg

Grupo H

Chelsea 1 x 0 Zenit

Malmö 0 x 3 Juventus

Jovem Kayky, ex-Fluminense, faz o primeiro treino no Manchester City

Considerado uma das grandes promessas do futebol brasileiro, o jovem atacante Kayky, de 18 anos, fez o seu primeiro treino com a camisa do Manchester City nesta sexta-feira. O jogador teve recentemente 80% dos seus direitos comprados junto ao Fluminense por 10 milhões de euros (cerca de R$ 62 milhões).

No City, a tendência é que ele seja utilizado pelo técnico Pep Guardiola aos poucos. Primeiro, nos treinamentos. Dependendo do desempenho, Kayky pode ter uma chance nas partidas oficiais do time principal.

– É um sonho estar aqui. Sempre acompanhei o Manchester City, que tem jogadores brasileiros aqui. Estou muito feliz – disse Kayky.

Vale lembrar que o menino não foi inscrito na Liga dos Campeões e na Premier League, mas ainda pode substituir algum jogador nestas competições. Por enquanto, ele pode ser utilizado nas copas nacionais.

Ronaldo Fenômeno defende Copa do Mundo de dois em dois anos

A Fifa trabalha para que a Copa do Mundo, maior torneio de futebol do planeta, seja disputada de dois em dois anos. E o ex-jogador Ronaldo Fenômeno, um dos grandes ídolos do futebol brasileiro, defende essa ideia. Se liga no que ele falou nesta semana:

“O novo calendário Fifa traria: menos viagens, menos amistosos e mais jogos importantes para as Seleções. Finalmente estão pensando no bem-estar dos atletas e protegendo sua saúde reduzindo o número de jogos em vez de aumentar. Jogadores vão ficar menos dias no ano longe de seus clubes e ligas.

A Copa do Mundo nunca vai deixar de ser o maior espetáculo de futebol do mundo. Ali estão os melhores do mundo, na mais alta qualidade. Quanto mais pudermos viver esse momento, melhor! Os Grand Slams de tênis, o Superbowl ou a Champions League são o grande exemplo de que o prestígio dos torneios não está vinculado a periodicidade deles.

Isso abre espaço no calendário para termos a Copa do Mundo com mais frequência, dando aos jogadores e aos países mais chances de participar desse que é o maior evento esportivo do planeta!”

E aí, o que vocês acham?

A próxima Copa do Mundo será disputada no Qatar, em 2022.