18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

No duelo brasileiro da Libertadores, Athletico-PR bate o Atlético-MG por 2 a 1, na Arena

Vitor Roque comemora o seu gol no jogo
Vitor Roque comemora o seu gol no jogo. Foto: IMAGO / NurPhoto

Teve jogão entre brasileiros já na segunda rodada da fase de grupos da Libertadores. Pelo Grupo G, Athletico-PR e Atlético-MG se enfrentaram na noite desta terça-feira na Arena da Baixada, em Curitiba. Melhor para os donos da casa, que venceram por 2 a 1. Vitor Roque e Terans, de pênalti, marcaram para o Furacão. Paulinho descontou para o Galo. O resultado deixa o Athletico momentaneamente na liderança da chave com quatro pontos. O Atlético-MG, por sua vez, é o lanterna. Ainda não pontuou. Nesta quinta, às 23h, Libertad (PAR) e Alianza Lima (PER) se enfrentam.

Saiba como apostar em jogos de futebol

O Athletico foi melhor que o Atlético em boa parte do jogo. O primeiro gol foi bonito. O jovem Vitor Roque, sensação do futebol brasileiro, bateu cruzado para marcar. O segundo gol foi de pênalti. Paulinho colocou o braço na bola dentro da área. Terans foi para a cobrança e não deu chances ao goleiro Everson.

O Atlético-MG cresceu na parte final do jogo. E Paulinho, após belo passe de Hulk, diminuiu. O atacante Hyoran, que entrara no segundo tempo, ainda teve uma grande chance para empatar após passe de Paulinho. Mas o goleiro Bento salvou o Athletico com uma defesa sensacional.

Os jogadores e a comissão técnica do Atlético-MG deixaram o campo na bronca com a arbitragem. Principalmente por conta do pênalti marcado com a ajuda do VAR.

Inter vence

Outro time brasileiro que entrou em campo nesta terça-feira foi o Internacional, que venceu o Metropolitanos, pelo Grupo B, por 1 a 0. O gol foi marcado no finzinho pelo atacante Alemão.

Nesta quarta-feira, mais brasileiros estarão em campo:

Flamengo x Ñublense (CHI) – 21h30

Corinthians x Argentinos Jrs. (ARG) – 21h30

Leo Santos
2295 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.