18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Messi é eleito o melhor jogador do mundo em premiação da Fifa e brasileiro leva o Prêmio Puskas

Messi conquistou o prêmio, mas não compareceu à cerimônia
Messi conquistou o prêmio, mas não compareceu à cerimônia. Foto: IMAGO / Sportimage

O craque argentino Lionel Messi, do Inter Miami, foi eleito nesta segunda-feira (15-01) o melhor jogador do mundo em premiação da Fifa (o The Best). É a oitava vez que Messi conquista o troféu. Desta vez, segundo os especialistas, foi uma zebra. Haaland, atacante norueguês do Manchester City, era o favorito, mas ficou na segunda colocação. A vitória de Leo foi apertada. Mbappé, do PSG, ficou com a terceira colocação.

Saiba como apostar em jogos de futebol

Vale frisar que nenhum dos três jogadores compareceu à cerimônia. O ex-jogador francês Thierry Henry chegou a brincar com a situação.

– Eu posso ficar com o troféu, então? Eu nunca ganhei… – disse.

No feminino, o prêmio ficou com a espanhola Aitana Bonmatí, meia da seleção espanhola e do Barcelona.

E teve brasileiro se dando bem na cerimônia. O volante Guilherme Madruga, atualmente do Cuiabá, ganhou o Prêmio Puskas, dado ao autor do gol mais bonito. Na ocasião, ele balançou a rede de bicicleta com a camisa do Botafogo-SP, em jogo válido pela Série B.

– Um dia único na minha vida. Com certeza está marcado na minha história e também na memória de todos que me acompanham desde o começo da minha trajetória – disse Madruga.

Já a seleção da Fifa ficou assim: Courtois (Real Madrid), Ruben Dias (Manchester City), Stones (Manchester City) e Walker (Manchester City); De Bruyne (Manchester City), Bellingham (Real Madrid) e Bernardo Silva (Manchester City); Messi (Inter Miami), Haaland (Manchester City), Mbappé (PSG) e Vini Jr. (Real Madrid).

Leo Santos
2620 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.