18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Messi causa polêmica ao virar embaixador de turismo na Arábia Saudita

Lionel Messi se tornou embaixador de turismo da Arábia Saudita
Lionel Messi se tornou embaixador de turismo da Arábia Saudita. Foto: IMAGO / ZUMA Wire

Após conseguir alguns dias de folga no Paris Saint-Germain, o argentino Lionel Messi viajou no início da semana para Arábia Saudita e anunciou uma parceria para virar embaixador de turismo no país. Ao postar uma foto no Mar Vermelho, o craque recebeu algumas críticas e gerou controvérsia.  

Isso porque a Arábia Saudita tem um regime de monarquia absolutista islâmica, com constantes violações aos direitos humanos. Apesar da foto publicada pelo argentino ter recebido mais de 5 milhões de curtidas, também sofreu algumas críticas nos comentários.

Contundente ao condenar a nova parceria de Messi, a Anistia Internacional da Noruega postou a seguinte mensagem em seu perfil oficial:

Viajar à Arábia Saudita é uma coisa, mas ser pago para glorificar o país é outra coisa. Alguns fatos sobre a Arábia Saudita: 

Eles executam ao menos 106 pessoas por ano 

Criticar as autoridades é correr risco de morte 

Direitos das mulheres quase não existem 

Gay? Bom, pena de morte é o seu destino. 

Você realmente quer apoiar isso, Messi?

Messi - maio - 2022
Messi curte o dia de sol na Arábia Saudita. Foto: Reprodução Instagram / Lionel Messi

Outras pessoas seguiram a mesma linha e criticaram a nova parceria fechada pelo craque, de 34 anos. O acordo também chamou a atenção da imprensa francesa por envolver um país que não tinha relações diplomáticas com o Qatar há pouco tempo.  

Vale lembrar que em junho de 2017, a Arábia Saudita, ao lado dos Emirados Árabes, do Bahrein, da Líbia, das Maldivas, do Egito e do Iêmen acusaram o Qatar de prestar apoio a grupos formados por terroristas, como a Irmandade Mulçumana.  

Segundo a publicação do jornal “Le Parisien”, Messi teria informado ao Paris Saint-Germain no início da temporada que poderia se tornar embaixador do turismo na Arábia Saudita. Companheiro de clube, Paredes foi ao lado do craque para o país.  

Com a parceria, a Arábia Saudita pretende usar o esporte como propaganda para mudar a imagem do país perante ao mundo. É bom observar que o dono do Newcastle, da Premier League, é de origem saudita.  

Nesta temporada, o craque argentino marcou nove gols e deu 13 assistências em 32 partidas pelo PSG no seu primeiro ano no clube. Messi ainda tem mais dois jogos pelo time francês pelo campeonato nacional: contra o Montpellier, no dia 14, e Metz, no dia 21.  

Leo Santos
538 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...