18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Luis Castro diz que possibilidade de trabalhar com Cristiano Ronaldo influenciou em sua saída do Botafogo

Luis Castro comanda CR7 no Al-Nassr
Luis Castro comanda CR7 no Al-Nassr. Foto: IMAGO / AFLOSPORT

O técnico português Luis Castro, que deu início à arrancada do Botafogo no Brasileirão, falou sobre a sua saída do clube, em entrevista concedida ao jornal “Marca”. Castro, hoje técnico do Al-Nassr, da Arábia Saudita, disse que o título alvinegro já estava encaminhado e que não tinha muito a acrescentar ao time. Além disso, a possibilidade de trabalhar com Cristiano Ronaldo, um dos melhores jogadores da história, influenciou muito na decisão.

Saiba como apostar em jogos de futebol

– Há um grande entusiasmo aqui porque chegaram muitos grandes jogadores, como o Cristiano Ronaldo. Estamos a falar do jogador que tem mais seguidores nas redes sociais, por isso cada passo que Cristiano dá é seguido por milhões e milhões de pessoas e também pelos meios de comunicação. A liga tem muita visibilidade. Há bons jogadores, muitos adeptos nas bancadas, bons treinadores. E a imprensa, além disso, está muito dedicada e interessada. E vim pela ideia de trabalhar com Cristiano Ronaldo também – afirmou Castro.

Castro falou ainda sobre como é o dia a dia com o craque português:

– É o maior exemplo de sucesso global em termos de rigor, trabalho e disciplina. Um exemplo para todos. Acham que precisa que eu lhe exija coisas? Não. Não há necessidade de exigir nada ao Cristiano, ele mesmo já faz isso. Ele dá rigor, disciplina, exigência máxima, quer sempre vencer, brilhar perante o mundo. Nunca será diferente com ele.

Por fim, falou sobre o momento pessoal de Cristiano Ronaldo. Segundo Castro, o craque português está feliz, mesmo estando longe dos grandes campeonatos europeus.

– Existem quatro dimensões de desempenho: tática, técnica, física e psicológica. O que é mais importante para mim é o psicológico. O mental. O jogador pode ser bom fisicamente… mas se não estiver mentalmente bem não se sentirá feliz, não detetará espaços, não verá o jogo e poderá não ver o mundo que existe dentro de um campo de futebol. O Cristiano está a passar por um momento muito feliz, um momento bom na carreira, que se está a divertir. Vou falar um pouco por ele peço desculpas antecipadamente. O Cristiano sabe que está a viver os últimos momentos da sua carreira, então nada melhor do que aproveitar. Nada melhor do que ser feliz… porque os últimos pensamentos nos últimos momentos de uma corrida são aqueles que muitas vezes ficam até o fim da vida. Ok, haverá a Bola de Ouro, ter sido o melhor do Mundo, ser o maior goleador da Liga dos Campeões, do Euro… Tudo isso ficará com ele para sempre, mas os últimos momentos ficam de uma maneira especial. Dá-me muito gosto ser treinador de um jogador que, apesar da idade, gosta de futebol, gosta de treinar, gosta dos companheiros… Ele é um modelo para eles – finalizou.

O Al-Nassr, de Cristiano Ronaldo e Luis Castro, é o quinto colocado do Campeonato Saudita com 19 pontos, sete a menos que o líder Al-Hilal. O Al-Nassr, no entanto, tem um jogo a menos.

Sobre o Botafogo, o Alvinegro segue como líder isolado do Brasileirão. Atualmente, é comandado por Lúcio Flávio. Bruno Lage, que entrou após a saída de Luis Castro, foi demitido recentemente.

Leo Santos
2572 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.