18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Léo Pereira salva o Flamengo, Léo Jardim salva o Vasco e Clássico dos Milhões termina no 0 a 0

Lucas Piton é observado por De La Cruz no clássico
Lucas Piton é observado por De La Cruz no clássico. Foto: Leandro Amorim / Vasco / Divulgação

Em um domingo chuvoso, Vasco e Flamengo fizeram um clássico movimentado, no Maracanã. O Rubro-Negro, com mais qualidade técnica, ditou o ritmo do jogo, principalmente no primeiro tempo. Mas o Cruz-Maltino, um pouco mais objetivo, também assustou. Vegetti perdeu duas chances incríveis. Na primeira, Léo Pereira salvou em cima da linha. Na segunda, ainda mais incrível, também. Gabigol perdeu duas chances incríveis. Primeiro, cara a cara com Léo Jardim. Depois, desperdiçou o pênalti, defendido brilhantemente pelo goleiro do Vasco, nos acréscimos. E o primeiro clássico do Cariocão ficou assim: 0 a 0.

Saiba como apostar em jogos de futebol

Vasco e Flamengo, com nove pontos cada, estão momentaneamente fora do G-4 do Campeonato Carioca. Os quatro primeiros são Fluminense, Botafogo, Nova Iguaçu e Boavista. O Rubro-Negro, no entanto, tem um jogo a menos.

– No transcurso todo do jogo, fizemos a iniciação e construção média com boa qualidade. No primeiro tempo, faltou um pouco mais de objetividade e finalização. Não de bola aérea, mas de jogadas de combinação com Pedro de pivô ou infiltrações. No segundo tempo, teve volume, infiltração e finalização. Aumentou o número no segundo tempo. Também vimos que o adversário bloqueava (as infiltrações). É um processo de evolução da equipe, neste último terço. Da melhor escolha, da finalização… – avaliou o técnico do Flamengo, Tite.

– A gente queria ganhar. Mas quando não dá para ganhar, se empata – resumiu o auxiliar técnico do Vasco, Emiliano Díaz.

O Vasco volta a campo na quinta-feira para enfrentar o Audax, enquanto o Flamengo tem o clássico contra o Botafogo, quarta-feira, pela frente.

Leo Santos
2711 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.

Artigos mais recentes

Internacional mira Roger Machado para o lugar de Eduardo Coudet