18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Inglaterra bate Austrália e está na final da Copa do Mundo

- junho - 2024
IMAGO / Bildbyran

Esta será a primeira vez que a seleção britânica vai disputar uma decisão do torneio da FIFA

Na manhã desta quarta-feira, 16 de agosto, foi conhecida a segunda seleção finalista da Copa do Mundo Feminina 2023. Trata-se da Inglaterra, que irá encarar a Espanha na decisão. A passagem para a final aconteceu no Estádio Olímpico de Sidney, na cidade australiana de mesmo nome, diante da Austrália.

O jogo foi decidido nos noventa minutos regulamentares, com o placar de 3 a 1. Os gols das inglesas foram marcados por Alessia Russo, Hemp e Toone Sam. Para as australianas, a responsável por marcar foi Sam Keer. Esta é a primeira vez que a seleção britânica irá disputar uma decisão de Mundial. Vale lembrar que ela é a atual campeã da Eurocopa, conquistada no ano passado, dentro de casa.

A partida entregou tudo o que os torcedores estavam esperando: boas chances dos dois lados. O primeiro gol saiu ainda na etapa inicial, aos 35 minutos. A inglesa Hemp não deixou que a bola saísse pela lateral e tocou para Alessia Russo, que jogou para dentro da grande área. Ella Toone conseguiu finalizar com sucesso e abrir o placar.

Durante o primeiro tempo, a seleção britânica teve mais posse de bola e domínio de jogo, tanto que saiu na frente no marcador. Já no começo da segunda etapa, as Matildas não tiveram outra alternativa a não ser buscar o empate. Elas estavam em casa, com a maioria da torcida no estádio. Precisavam pressionar a adversária.

O empate australiano saiu nos pés da sua principal jogadora: Sam Keer. A atleta do Chelsea, da Premier League, igualou o placar aos 17 minutos com um golaço. Estando sozinha na área, Keer recebeu uma bola pela direita, sendo marcada por três rivais, e finalizou. Foi um chute impossível de ser defendido. A goleira adversária se esticou toda, mas não conseguiu chegar na bola e evitar o empate.

A partir daí, com o placar igualado, a tensão estava muito maior. Esperava-se que a semifinal poderia ir para a prorrogação e, quem sabe, para as disputas de pênaltis. Só que não demorou muito para a Inglaterra ficar na frente novamente. O gol de desempate saiu aos 25 minutos. Em bola lançada dentro da área, Hemp dominou entre duas jogadoras rivais e conseguiu chutar rasteiro. Este foi o 2 a 1.

Já o terceiro gol que colocou um ponto final na partida foi marcado aos 40 minutos. Na busca pelo empate, as australianas estavam em seu campo de ataque, pressionando. No entanto, as inglesas conseguiram encaixar um ótimo contra-ataque. Hemp, que fez uma partidaça, partiu em velocidade e, na entrada da área, tocou para Alessia Russo, que finalizou com sucesso para dentro da meta rival.

Agora, a grande decisão vai ser disputada na manhã do próximo domingo, dia 20 de agosto. A bola rola às 7h, horário de Brasília, no Estádio Olímpico de Sidney. Do outro lado do campo está a Espanha, que eliminou a Suécia na outra semifinal, com o placar de 2 a 1. As duas seleções não têm título mundial.

Leandro Gaignoux
302 artigos
Graduado em 2013, Leandro é um jornalista apaixonado por esportes. Iniciou sua trajetória profissional na Super Rádio Tupi, do Rio de Janeiro, no Departamento de Esportes, em 2011, ainda como estagiário. Dois anos mais tarde, trabalhou na editoria de Cidade/Geral do Portal Manchete On-line. Desde 2017, atua como redator no fascinante mundo das apostas esportivas. Começou a colaborar para o Apostagolos em 2022.