18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Grêmio vence o Caxias por 1 a 0 com gol de Suárez e é Hexacampeão Gaúcho

Luisito Suárez comemora mais um título com a camisa do Grêmio
Luisito Suárez comemora mais um título com a camisa do Grêmio. Foto: Divulgação / Grêmio

O Grêmio venceu o Caxias por 1 a 0, neste sábado, na Arena do Grêmio, e tornou-se Hexacampeão Gaúcho. Luisito Suárez marcou o gol da vitória, de pênalti, aos 19 minutos do segundo tempo. Pênalti assinalado pelo VAR. Foi o título gaúcho de número 42 do Grêmio, o sexto seguido como falamos acima. O Tricolor não era Hexa Gaúcho há bastante tempo, desde 1990.

Saiba como apostar em jogos de futebol

O Internacional segue como o maior campeão do Rio Grande do Sul. São 45 títulos. Mas o Grêmio colou. Faltam apenas três para empatar.

No gramado, Luis Suárez, grande nome do Grêmio, comemorou mais um título na carreira, o segundo com a camisa do Tricolor.

– O mais importante é o trabalho da equipe. Começamos a temporada trabalhando muito para que as coisas aconteçam. E aconteceu o que a gente queria que era ganhar. Tive muita sorte de ganhar muitas coisas na minha carreira, mas sigo querendo coisas. O Gauchão é muito importante para mim e para minha carreira também – disse Luisito.

– Começar do zero. A gente ganhou um título do Gauchão, que é muito importante, mas agora tem que começar do zero. Temos a Copa do Brasil, que temos muita motivação. E depois começar o Brasileirão. Tem que rodar, jogar e demonstrar em campo – acrescentou Luisito, que foi vice-artilheiro do Gaúcho com sete gols.

Ele contribuiu também com três assistências.

– Temos um grande treinador, grande torcida e equipe – disse por fim.

Outros campeões estaduais

O Fortaleza arrancou um empate contra o Ceará em 2 a 2 e conquistou o Pentacampeonato Cearense. Em Santa Catarina, o Criciúma levou o título. E em Alagoas foi o CRB que levantou o caneco.

Leo Santos
2638 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.