18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Greenwood, do Manchester United, é preso acusado de agressão e violência sexual pela namorada

Uma das maiores revelações do Manchester United e da seleção inglesa, o atacante Mason Greenwood foi acusado por sua namorada, Harriet Robson, de agressão e violência sexual. A modelo publicou um vídeo nas suas redes sociais mostrando a boca ensanguentada e algumas marcas roxas pelo corpo. O jogador já havia sido afastado dos treinamentos e jogos do clube e, de acordo com o jornal inglês Daily Mail, ele já se encontra preso sob suspeita de estupro e violência doméstica. 

Segundo a polícia inglesa, Greenwood continuará sob custódia para ser interrogado.  

“A polícia da Grande Manchester foi informada hoje (domingo, 30 de janeiro) de imagens e vídeos de mídia social online postados por uma mulher relatando incidentes de violência física. Uma investigação foi iniciada e, após investigações, podemos confirmar que um homem de 20 anos foi preso por suspeita de estupro e agressão. Ele permanece sob custódia para interrogatório. As consultas estão em andamento”, informou a polícia ao jornal Daily Mail. 

O Manchester United soltou um comunicado afirmando que está investigando o caso. 

“Estamos cientes das imagens e acusações que circulam nas redes sociais. Não faremos mais comentários até que os fatos sejam apurados. O Manchester United não tolera violência de qualquer tipo”, afirma a nota. 

Patrocinadora se manifesta

A Nike, empresa de material esportivo que patrocina o atleta, também se manifestou.  

“Estamos profundamente preocupados com as alegações perturbadoras e continuaremos a monitorar a situação de perto”, disse o comunicado.  

De acordo com relatos divulgados pela imprensa britânica, alguns jogadores importantes do plantel dos Red Devils como Cristiano Ronaldo, Maguire, Bruno Fernandes, Sancho, Rashford e Pogba já não seguem mais Greenwood no Instagram. 

Greenwood e Harriet Robson namoravam desde 2019. No ano seguinte, o casal chegou a se separar por alguns meses após Mason e o meia Phil Folden se envolverem em um escândalo. Os dois convidaram duas mulheres para o hotel onde se encontravam concentrados com a seleção inglesa. Na época, o ocorrido quebrou os protocolos da Covid-19 e os atletas foram cortados da equipe nacional.   

Leo Santos
538 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...