18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Garnacho não tem força mental de Giggs, diz ídolo do United

garnacho - julho - 2024
Alejandro Garnacho tem apenas 18 anos, mas já gera expectativas no Manchester United. Crédito: IMAGO / Shutterstock

Um novo nome cresce no futebol mundial. Alejandro Garnacho, de apenas 18 anos, é uma das maiores esperanças do futebol argentino e do Manchester United. Mas não está imune às críticas. Paul Parker, ídolo do clube inglês e da seleção da Inglaterra, que o diga.

A juventude é justamente o maior problema hoje para o atacante, que soma 23 partidas pelo time principal, três gols e quatro assistências nesta temporada. Em entrevista ao “Wettbasis”, site parceiro do Apostagolos.com, Parker explicou seu ponto.

– Alejandro Garnacho não tem a mesma resistência mental de Ryan Giggs, mas está tudo bem. Esse é o caminho que nossa sociedade está seguindo porque agora temos um sistema melhor de várias maneiras, nos dando um suporte.

Ele destacou ainda o peso dos compromissos que extrapolam jogos e treinos sobre os jogadores atuais como um dos motivos para a instabilidade dos jogadores mais jovens. 

– Além disso, a expansão do futebol hoje em dia é uma loucura. Ryan Giggs poderia se esconder um pouco mais e se concentrar em jogar futebol, enquanto Garnacho não pode deixar de ler as notícias, dar entrevistas e responder os fãs ou os críticos nas redes sociais todos os dias.

Garnacho sofre com cobranças

Garnacho é nascido em Madrid, na Espanha, mas como é filho de mãe argentina, possui também a nacionalidade argentina. Depois de passar por seleções de base da Fúria, passou a ser convocado pelos atuais campeões do mundo. Isso aumentou o frisson a respeito dele.

Na equipe sub-20, foi goleador em 2022, com quatro gols em quatro partidas pelo Torneio de Toulon. Lionel Scaloni não deixou isso passar batido e surpreendeu ao convocar a joia para jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo. Ele não entrou em campo, mas foi observado de perto pela comissão técnica. Chamou a atenção da imprensa e dos torcedores argentinos o fato de que foi a primeira vez que viajou ao país-natal de sua mãe. E também o sotaque madrilenho carregado que possui.

Como já era esperado, o garoto não foi convocado para a Copa do Mundo e não fez parte do grupo campeão no Catar. Scaloni preferiu levar jogadores mais experientes, o que acabou dando certo na competição no Oriente Médio. Mas já é considerado um nome muito forte para fazer parte do novo ciclo da seleção argentina, de olho no Mundial de 2026.

Falta agora ter um pouco mais regularidade pelo Manchester United, onde chegou depois de fazer parte das divisões de base do Getafe e do Atlético de Madrid. Paul Parker acredita que essa virtude virá apenas com o tempo e que é preciso ter mais paciência com o atacante.

A concorrência interna também não é das mais fáceis. Ele joga pelos lados do ataque, tanto como ponta direita quanto como ponta esquerda. E isso significa muitas vezes disputar posição com o brasileiro Antony, outro jovem jogador, mas que já atua com o peso de ser a segunda contratação mais cara da história do Manchester United, atrás apenas de Pogba. Concorre também com Rashford e Sancho. Mesmo assim, Garnacho tem se saído bem. Na vitória sobre o Leeds, no último domingo, dia 12, saiu do banco de reservas e fez o segundo gol do United. Na partida anterior, empate em 2 a 2 com o mesmo Leeds, foi titular.

– Acredito que as pessoas o julgam com muita severidade. Ele é um jovem muito talentoso e sim, ele está frustrado. É o fogo argentino em seu estômago falando com ele. Os torcedores devem ter paciência porque ele será um jogador muito importante para o Manchester United por muitos anos. As pessoas deveriam incentivá-lo.

Miguel Ladeira
1702 artigos
Jornalista brasileiro com mais de 5 anos de experiência na área de apostas online.

Artigos mais recentes