18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Gabigol faz golaço e comanda vitória do Flamengo no Carioca; confira

Gabigol comemora o seu golaço pelo Flamengo
Gabigol comemora o seu golaço pelo Flamengo. Foto: Paula Reis / Flamengo

Com uma pintura de Gabigol, o Flamengo voltou a vencer no Campeonato Carioca. Na noite desta quinta-feira, em Volta Redonda, derrotou o Audax por 2 a 1. Gabi abriu o placar para o Rubro-Negro, Thomás, contra, ampliou e Hugo Sanches descontou para o Audax. Com o resultado, o Flamengo chegou a 10 pontos, mas segue com a quarta colocação, três pontos atrás do líder, Vasco da Gama.

Conheça os melhores sites de aposta esportiva

O Flamengo, do técnico português Paulo Sousa, não brilhou. Coube a Gabigol protagonizar o grande momento da noite. No fim do primeiro tempo, ele recebeu de Lázaro dentro da área e com um chute raro colocou a bola no ângulo do goleiro Max. Um golaço que levantou os pouco mais de 3 mil rubro-negros no Raulino de Oliveira.

O segundo gol do Flamengo saiu no início do segundo tempo. Andreas Pereira cobrou falta, o zagueiro Thomás se atrapalhou e colocou na rede. O Audax descontou com Hugo Sanches, após uma falha bizarra do zagueiro Léo Pereira. Mas ficou nisso: 2 a 1 Flamengo.

Por conta da atuação ruim e da escalação digamos que diferente, alguns torcedores do Flamengo xingaram o técnico Paulo Sousa no Raulino de Oliveira. Ele falou sobre o assunto na entrevista coletiva pós-jogo.

– A torcida é muito passional, sabemos que as coisas acontecem há anos com treinadores e jogadores. Conforme ganhamos, te idolatram, metem-lhe lá em cima. E outras vezes te criticam. Isso faz parte do nosso dia a dia. E são eles que acabam por ter sempre a razão porque são eles que estão no estádio e querem ver as suas coisas, mas a paixão deles os levam a ser diferentes hoje e amanhã – disse o treinador.

Paulo Sousa mandou a campo uma escalação com três zagueiros, mas com apenas um zagueiro de origem: Léo Pereira. Os outros eram os laterais Isla e Filipe Luís. Curiosamente, foi o único zagueiro de origem que falhou no jogo.

– Tivemos algumas dificuldades, sobretudo o Isla, primeiro porque foi um dos últimos a chegar depois da seleção. Em termos de zagueiros, também temos tido dificuldades em termos numéricos de jogadores frescos que possam jogar. E entendemos por bem que o Isla poderia estar nessa posição – avaliou Paulo.

Por fim, o técnico falou sobre a atuação rubro-negra como um todo:

– Sentimos muitas dificuldades em certos momentos, outras com mais facilidades, sobretudo no segundo tempo, quando poderíamos ter feito o terceiro e o quarto gols. Temos que ser muito mais eficazes nesses momentos onde somos claramente superiores ao nosso adversário.

O Flamengo volta a campo neste domingo, às 19h, no Raulino de Oliveira, para enfrentar o Nova Iguaçu. O Pay Per View do Carioca e a FlaTV+ transmitem.

Fluminense vence o Botafogo, de virada

No Engenhão, deu Fluminense. O Tricolor venceu o segundo clássico seguido no Cariocão. Desta vez, a vítima foi o Botafogo, que até saiu na frente com Kanu. Luccas Claro e Willian Bigode marcaram no segundo tempo e viraram para o Tricolor: 2 a 1. O Fluminene é o segundo colocado do Campeonato Carioca com 12 pontos, um atrás do Vasco.

Os últimos resultados do Carioca

Próximos jogos do Campeonato Carioca

Leia também: Flamengo rejeita proposta de empréstimo do West Ham por Gabigol

Leo Santos
551 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...