18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Fluminense vence o Vasco e segue isolado na liderança do Carioca

Jogadores do Fluminense comemoram o gol de Cano
Jogadores do Fluminense comemoram o gol de Cano. Foto: Lucas Merçon / Fluminense

O sábado de carnaval foi de vitória tricolor. O Fluminense venceu o Vasco por 2 a 0, no Engenhão, e se manteve confortável na liderança do Campeonato Carioca. Agora, são 24 pontos, cinco à frente do vice-líder, Flamengo, que joga neste domingo. Germán Cano e Nonato marcaram os gols do triunfo, o terceiro do Flu em três clássicos na competição.

Saiba como apostar em jogos de futebol

Ao contrário do que se esperava, foi um jogo muito tranquilo para o Fluminense. Atuando com a equipe reserva, o Tricolor dominou o Vasco desde o início. Criou grandes chances e já foi para o intervalo vencendo por 2 a 0. Cano abriu o placar após uma bela trama de ataque e passe genial de Paulo Henrique Ganso.

O segundo gol foi marcado por Nonato. Ganso cobrou o escanteio no primeiro pau e o volante completou para o gol sem ser muito incomodado pela marcação. O Fluminense só não ampliou o placar porque o goleiro Thiago Rodrigues viveu uma tarde inspirada.

No segundo tempo, o Vasco teve uma leve melhora. Chegou a ser melhor em certa parte da etapa. Mas, praticamente, não ameaçou o Fluminense. E ficou assim.

O Tricolor, agora, se prepara para enfrentar o Millonarios (COL) no jogo de volta da Segunda Fase da Conmebol Libertadores. A partida será disputada nesta terça-feira, às 21h30, em São Januário. O Fluminense joga por um empate para se classificar, já que venceu o jogo de ida por 2 a 1.

Violência marca o sábado no futebol brasileiro

O Gre-Nal, pelo Campeonato Gaúcho, que seria realizado neste sábado, no Beira-Rio, não aconteceu. Isso porque o ônibus que levava o time do Grêmio para o estádio sofreu um atentado. A delegação gremista foi recebida com pedras e o jogador Villasanti foi ferido na cabeça e no quadril. Ele precisou ser levado ao hospital. A diretoria do Tricolor Gaúcho resolveu não jogar e a partida foi adiada.

Em Curitiba, o Paraná foi derrotado, em casa, pelo União por 3 a 1 e foi rebaixado no Campeonato Paranaense. Revoltados, torcedores, ou melhor, vândalos paranistas invadiram o gramado e agrediram os jogadores do time. Lamentável.

Leo Santos
551 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...