18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Fluminense vence o Colo-Colo por 2 a 1, no Maracanã, e assume a liderança do Grupo A da Libertadores; Grêmio perde mais uma

Cano e Marquinhos marcaram os gols do Fluminense no jogo
Cano e Marquinhos marcaram os gols do Fluminense no jogo. Foto: Associated Press / Alamy Stock Photo

Não foi fácil, mas o Fluminense venceu o Colo-Colo (CHI) por 2 a 1, no Maracanã, nesta terça-feira, e assumiu a liderança do Grupo A da Conmebol Libertadores. Marquinhos abriu o placar para o Tricolor com um golaço, Paiva empatou e Germán Cano garantiu a vitória no segundo tempo com o oportunismo de sempre. No fim da partida, o Flu levou o empate, mas o gol foi anulado pelo VAR. O jogador do Colo-Colo conduziu a bola com o braço.

Saiba como apostar em jogos de futebol

Marquinhos foi o grande destaque do Fluminense com gol e assistência. Aliás, ele tem jogado muito bem. Contra o Alianza Lima, na primeira rodada, foi de Marquinhos o gol que garantiu o empate para o Tricolor, fora de casa.

Marquinhos pertence ao Arsenal, da Inglaterra, e chegou ao Fluminense por empréstimo nesta temporada. Aos poucos, ele vai se adaptando e mostrando o seu melhor futebol.

– É um jogador que eu subi ele no São Paulo. Ele teve uma lesão no ligamento cruzado e voltou a jogar só depois que saí de lá. Na Europa, não conseguiu ter uma sequência de jogos. Mas sempre teve um potencial muito grande. O que ele está fazendo não me surpreende. Para mim, o Fluminense é um lugar certeiro para ele. Ele jogou muito bem nesses dois jogos e contra o Flamengo – elogiou Fernando Diniz, técnico do Fluminense.

Diniz também rasgou muitos elogios ao volante Martinelli.

– Martinelli foi muito bem como zagueiro. Ele só não joga de goleiro comigo. Já jogou de atacante, de 10… Essa versatilidade dele é importante. Com ele, nós ganhamos mais ritmo na saída. Ganhamos mais agressividade. Então acho que funcionou. Isso não significa que ele vai jogar todos os jogos dessa forma. Obviamente a gente fica mais exposto – analisou.

A notícia ruim da noite ficou por conta da lesão do atacante Lelê. Ele machucou o joelho e precisou deixar o campo.

Grêmio perde

Quem se complicou na Libertadores foi o Grêmio. O Tricolor perdeu mais uma, dessa vez para o Huachipato (CHI) por 2 a 0, em casa. Sem ter pontuado nos dois jogos que disputou, o Grêmio é o lanterna do Grupo C. Renato Gaúcho, mais uma vez, poupou.

– Você é o treinador, jogou três dias atrás, corrido, pegado, tivemos que virar o jogo, jogadores cansados, estressados. Quer que ponha os 11 em campo de novo para perder algum jogador por lesão? Por que eu tenho um grupo? Porque tem que dar resposta. Não posso jogar a cada três dias com o mesmo time – justificou.

Leo Santos
2545 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.