18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Fluminense vence o Boca Juniors na prorrogação e conquista a Libertadores

Fluminense comemora o título da Libertadores
Fluminense comemora o título da Libertadores. Foto: IMAGO / Fotoarena

O Fluminense é o campeão da Copa Libertadores 2023. Após empate no tempo normal em 1 a 1 com o Boca Juniors (ARG), o Tricolor marcou na prorrogação com John Kennedy e ficou com o título. Festa da torcida no Maraca, a celebração de um título inédito. Título, vale frisar, merecidíssimo. O Flu tem mais time, jogou mais bola e, agora, vai em busca do seu primeiro Mundial de Clubes. Será em dezembro, na Arábia Saudita.

Saiba como apostar em jogos de futebol

O Fluminense abriu o placar no primeiro tempo com o artilheiro Germán Cano. Keno fez boa jogada pela direita com Árias e cruzou para o artilheiro da Libertadores colocar na rede.

No segundo tempo, o Boca melhorou e conseguiu o empate com Advíncula em um bonito chute de fora da área. Boca e Flu tiveram boas chances depois disso, mas ninguém marcou no tempo normal. A melhor das chances foi do lateral-esquerdo Diogo Barbosa, que finalizou pra fora cara a cara com o goleiro.

Na prorrogação, foi o Fluminense quem ditou o ritmo, assim como na maior parte do jogo. E o gol saiu dos pés do garoto John Kennedy. Keno ajeitou de cabeça e o menino fuzilou o goleiro Romero: 2 a 1.

Kennedy foi comemorar com a galera e acabou sendo expulso pelo árbitro Wilmar Roldán. Mas o Boca também teria um jogador expulso pouco tempo depois. O Tricolor segurou os hermanos e aí foi só comemorar o título.

[bc-betsense width=”300px” height=”250px”

Leo Santos
2711 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.

Artigos mais recentes

Internacional mira Roger Machado para o lugar de Eduardo Coudet