18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Flamengo vence o Corinthians, fatura a Copa do Brasil e R$ 76,8 milhões

Flamengo comemora o título da Copa do Brasil 2022
Flamengo comemora o título da Copa do Brasil 2022. Foto: IMAGO / Fotoarena

O Flamengo é tetracampeão da Copa do Brasil. Após empate no tempo normal, o Rubro-Negro venceu o Corinthians por 6 a 5, nos pênaltis, no Maracanã, e levantou o troféu. Além disso, faturou R$ 76,8 milhões de premiação. O Mais Querido não era campeão da Copa do Brasil desde 2013, quando superou o Athletico-PR na final. Os gols desta quarta-feira, nos 90 minutos, foram marcados por Pedro (Flamengo) e Giuliano (Corinthians).

Saiba como apostar na Copa Libertadores

O Flamengo fez um bom primeiro tempo. Atacou muito mais que o Corinthians e poderia ter ido para o intervalo com um placar mais elástico. Logo no início, aos 6 minutos, abriu o placar com Pedro, que tocou na saída de Cássio após receber belo passe de Everton Ribeiro. O Rubro-Negro chegou a ampliar com De Arrascaeta, mas a arbitragem anotou impedimento duvidoso de Gabigol.

No segundo tempo, o técnico Vitor Pereira colocou o Corinthians pra frente (Adson e Giuliano entraram) e o time paulista tomou conta do jogo. Dorival Júnior não mexeu bem e o Flamengo “aceitou” ser dominado (entraram Matheuzinho, improvisado no meio, e Fabrício Bruno). Foi um sufoco para o Rubro-Negro, que espetava em alguns contra-ataques. Chegou a marcar mais um gol, com Everton Ribeiro, mas também foi dado impedimento.

O Corinthians chegava, chegava, até que empatou o jogo, já nos últimos minutos da partida com Giuliano. Cebolinha ainda teve uma chance de recolocar o Flamengo na frente, mas mandou por cima do gol. E foi isso: empate no tempo normal em 1 a 1 e decisão nos pênaltis.

A tensão tomava conta do Maracanã. Principalmente na torcida do Flamengo, que obviamente ficou mais abalada por sofrer o gol no fim. E Filipe Luís desperdiçou logo a primeira cobrança. Cássio defendeu. Mas, depois disso, o Rubro-Negro não desperdiçou mais. Já o Corinthians desperdiçou com Fágner, que mandou a bola no travessão, e Vital, que mandou por cima do gol. Coube a Rodinei, outrora criticado pelos torcedores rubro-negros, marcar o gol do título: 6 a 5 e festa da torcida rubro-negra no Maraca.

– Não tem como analisar. Dois grandes jogos. Dois empates, duas equipes que lutaram muito. Bons momentos dos dois lados. Flamengo mereceu chegar pela campanha, pelos jogos que apresentou. Momento especial ganhar no Maracanã da forma como foi, dificuldades, a própria partida de um jeito que a gente não gostaria. Não tenho palavras para descrever. Queria muito ter retornado ao Flamengo, esperei muito esse momento, e estou vivendo um momento ímpar – comemorou Dorival.

– São praticamente 17 finais, cinco vice, 12 campeonatos, e daqui a alguns dias mais uma competição. Momento importante, diferenciado. Continuemos assim, dia a dia, rodando a equipe e mantendo uma equipe competitiva em campo – acrescentou o técnico, que deve ter o seu contrato renovado no Flamengo. O presidente do clube, Rodolfo Landim, disse que só depende de Dorival.

O Flamengo volta a disputar uma final no dia 29 de outubro: Flamengo x Athletico-PR, em Guayaquil, pela decisão da Copa Libertadores. O Rubro-Negro carioca vai em busca do tri. Neste fim de semana, sábado, tem o América-MG, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro. Certamente, vai a campo com um time alternativo. O foco é todo na Liberta.

Leo Santos
1162 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...

Artigos mais recentes

Corinthians vence o São Paulo, no Morumbi, e acaba com jejum de seis anos

Botafogo empresta Jeffinho ao Lyon, time de Textor na França

Neymar deve ser eleito o melhor jogador do ano pela Fifa, afirma ídolo do Manchester United