18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Flamengo vence o Atlético-GO com dois de Michael e ainda sonha no Brasileiro

Michael comemora um dos seus gols
Michael comemora um dos seus gols. Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Em noite de homenagens à cantora Marília Mendonça, vítima fatal de um acidente aéreo no interior de Minas Gerais, o Flamengo venceu o Atlético-GO por 2 a 0, nesta sexta-feira, no Maracanã, com dois gols de Michael, e se permitiu ainda sonhar com o título brasileiro. O time do técnico Renato Gaúcho chegou a 53 pontos e está a nove do líder, Atlético-MG, com um jogo a menos.

Saiba como apostar no Brasileirão.

– Como eu falei lá atrás, nós ainda não desistimos do campeonato, estamos correndo atrás e hoje nós diminuímos três pontos. Ainda temos uma partida a menos. Então eu vou repetir: enquanto houver chance, eu vou brigar pelo Campeonato Brasileiro. Nós não desistimos ainda. A partida do dia 27 (final da Libertadores) é importante, mas nós temos esses jogos pelo Campeonato Brasileiro que servem para que a gente possa recuperar o ritmo de jogo pra alguns jogadores – disse o técnico rubro-negro, Renato Gaúcho.

O jogo

Não foi uma grande atuação do Flamengo, mas a equipe fez o suficiente para vencer o Atlético-GO. Vale lembrar, em partida atrasada do Brasileirão. Foi bem na defesa e eficiente no ataque. No fim do primeiro tempo, abriu o placar com Michael. David Luiz, que fez a sua estreia no Brasileirão, lançou Everton Ribeiro na direita. O meia, com um passe genial, achou Isla, que cruzou. Michael finalizou forte para marcar: 1 a 0.

No segundo tempo, o Flamengo fechou o placar e novamente com Michael. Após boa trama ofensiva do Mais Querido, Micha tabelou com Gabigol e fuzilou. Sem chances para o goleiro Fernando Miguel: 2 a 0. E o atacante quase fez o terceiro dele e do Flamengo. Após cruzamento de Everton Ribeiro, Michael pegou de primeira e a bola passou muito perto do gol. Ficou nisso.

Os gols do jogo

O Flamengo volta a campo nesta segunda-feira, às 20h, fora de casa, para enfrentar a Chapecoense. O jogo é válido pela 30ª rodada do Brasileirão.

Confira abaixo mais trechos da entrevista do técnico Renato Gaúcho:

Michael“O mais importante de tudo é a fase que ele está vivendo. Tem nos ajudado bastante. Desde a minha chegada, jogou todos os jogos. Tem feito gols importantes, é um jogador que o grupo gosta muito dele, que está todo dia alegre, brincando. Na hora de trabalhar, trabalha seriamente. Converso bastante com ele, procuro orientá-lo da melhor forma possível. Está fazendo a diferença para a gente”.

Michael titular quando o Arrasca voltar?“Acho que o mais importante de tudo é quando o Arrascaeta voltar não importa onde o Michael vai jogar. Eu acho que o mais importante de tudo é que a gente está tendo jogadores subindo de produção no momento certo. E eu espero que em breve todos os jogadores estejam fora do departamento médico e estejam à minha disposição. Essa é a dor de cabeça que o treinador quer: ter bastantes jogadores. Pior é o momento que você olha pro lado e tem vários jogadores no departamento médico”.

Preparação para a final da Liberta“É um pouco cedo pra gente falar dessa final, mas é lógico que a gente está de olho no nosso adversário, da mesma forma que eles também estão de olho na gente. É uma final, 90 minutos, duas grandes equipes, duas grandes torcidas, mas a gente tem trabalhado bastante, sim. Eu tenho assistido a todos os jogos do Palmeiras, mas até o dia 27 nós temos mais algumas barreiras pela frente, que se chamam Campeonato Brasileiro”.

Melhor estratégia para manter ritmo de jogo sem correr risco de lesões“Eu teria um milhão de respostas para dar, mas é o que eu falei. Nós temos o Campeonato Brasileiro, temos um sonho, estamos correndo atrás ainda e nós precisamos ganhar jogos e corremos esse risco sim de jogarmos a cada três dias e de repente algum jogador sofrer algum tipo de lesão. Mas, enquanto houver chance, estaremos jogando dessa forma.

Três meses da minha chegada, é lógico que no momento que a gente vê que um jogador que está correndo risco de sofrer uma lesão por determinada dor, independente do local do corpo, é lógico que a gente vai segurar. Não somos loucos. A gente precisa para o dia 27 também. Então não é hora de colocar em risco. Porque no momento que um jogador tiver uma lesão agora, principalmente uma lesão muscular, ele vai tá fora do dia 27. Estamos atentos a isso tudo, temos conversado bastante com o departamento médico e vamos sempre buscar o que é melhor para o clube”.

Dificuldades no calendário“Uma final a cada três dias. Já são praticamente meia-noite, e amanhã (sábado) de manhã a gente vai treinar. O jogador não consegue nem descansar, nem dormir direito. Amanhã é treino de novo. Domingo, viagem para Chapecó. Segunda, outro jogo. Não estamos dando desculpa, mas é uma realidade. O grupo do Flamengo não consegue nem dormir, nem se alimentar direito devido à essa sequência de jogos. Eu espero que os profissionais que falam de futebol, falem realmente o que nós estamos passando aqui há três meses. E olha que não é fácil. Se fosse outro treinador ia tirar uns oito jogadores para o dia 27”.

Arrascaeta“Estamos tendo todo o cuidado para recuperar o Arrascaeta. Ele teve uma lesão muito séria. Era óbvio que, infelizmente para ele, nós queríamos que ele tivesse bom para ser convocado para a seleção uruguaia e nos ajudando aqui também, mas não é o caso. Estamos recuperando ele, existe uma programação para o Arrascaeta, e ele está seguindo tudo que o departamento médico tem pedido para ele. Torcedor pode ficar tranquilo que a gente está cuidando com todo carinho do Arrascaeta. Daqui a pouco teremos uma novidade boa”.

Volta dos titulares e evolução do time “O nosso maior problema é que não temos tempo para treinar. Estamos procurando recuperar os jogadores que estão saindo do departamento médico, e dentro do possível dar ritmo de jogo para eles. E dentro do possível, sempre que tiver tempo maior, que vai ser difícil, vamos treinar para que a equipe se apresente cada vez melhor. Essa sequência há três meses, fica difícil até para que possa repetir a mesma equipe. Tem desfalque, jogadores que correm risco de lesão vamos dar uma segurada, não que a gente queira. Mas jogo a jogo vamos conversando e vendo o que é melhor. Não podemos colocar em campo um jogador que pode ter lesão séria e ficar fora do dia 27. Temos conversado com os jogadores, com o DM, trocado ideias, sempre buscando o que é melhor para o clube”.

Contagem regressiva para a Liberta“Enquanto houver chance no Brasileiro, nós vamos brigar. O único momento em que vamos dar segurada num jogador é se ele correr sério risco de lesão. Se tem chance, vamos brigar até o final. Mas nunca esquecendo do nosso jogo contra o Palmeiras. É uma corrida contra o tempo. Hoje tiramos mais três pontos do nosso adversários, temos um jogo a menos. Enfim, tudo pode acontecer no Campeonato Brasileiro. Não podemos nos descuidar. Temos que ser inteligentes. Segurando um ou outro no momento certo. Não vamos apostar tudo somente no Brasileiro para de repente não ter jogadores importantes no confronto com o Palmeiras”.

Zaga titular“São dois jogadores importantes, a nível de Seleção, de Europa. Hoje tiveram 90 minutos lado a lado, se comportaram muito bem. Estamos tirando jogador do departamento médico, e é hora de dar ritmo aos jogadores. Mas sempre conversando com eles jogo a jogo para ver como estão se sentindo, para não colocá-lo em campo e de repente perdê-lo para o dia 27”.

David Luiz“David Luiz é muito importante. Com certeza vai continuar nos ajudando bastante. Mas tenho que fazer elogio a todos os meus zagueiros: o Flamengo tem a segunda defesa menos vazada do campeonato. Então, meus zagueiros estão jogando bem. Todos eles estão de parabéns. Com a volta do David e do Rodrigo Caio, ficamos ainda mais fortes. Jogar a cada três dias e ter a segunda defesa menos vazada não é mole, não”.

Tem mais Brasileirão no fim de semana. Os jogos da 30ª rodada:

Sábado

Corinthians 1 x 0 Fortaleza

Internacional 1 x 0 Grêmio

Fluminense x Sport

Domingo

Santos x Palmeiras – 16h

Atlético-MG x América-MG – 16h

Bragantino x Athletico-PR – 16h

Bahia x São Paulo – 18h15

Ceará x Cuiabá – 20h30

Segunda

Chapecoense x Flamengo – 20h

Terça

Atlético-GO x Juventude – 19h

Leo Santos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.