18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Fifa decide as cidades que receberão os jogos da Copa do Mundo de 2026

Vancouver será uma das cidades-sede da Copa do Mundo de 2026
Vancouver será uma das cidades-sede da Copa do Mundo de 2026. Foto: IMAGO / Xinhua

Na última quinta-feira (16), a Fifa divulgou quais serão as 16 cidades-sede da Copa do Mundo de 2026: duas no Canadá, três no México e onze nos Estados Unidos. Vale ressaltar que esse será o primeiro Mundial da história que contará com 48 seleções participantes. Confira abaixo as cidades: 

Canadá: Vancouver e Toronto. 

México: Guadalajara, Monterrey e Cidade do México. 

Estados Unidos: Seattle, São Francisco, Los Angeles, Kansas City, Dallas, Atlanta, Houston, Boston, Filadélfia, Miami e Nova Iorque.  

Saiba como apostar na Copa do Mundo

Algumas cidades também concorriam para receber os jogos da Copa, mas acabaram ficando de fora. São elas: Cincinnati, Denver, Nashville, Orlando, Pesadena, Washington e Baltimore, nos Estados Unidos, e Edmonton, no Canadá. 

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, esteve presente no anúncio das 16 cidades-sede e comentou sobre a escolha e o principal desafio na Copa do Mundo, que será a distância entre as sedes.  

– Vamos tentar organizar a Copa de um jeito que as seleções e os fãs não tenham que viajar muito. No momento oportuno vamos decidir o local da abertura e o palco da final – afirmou Infantino.  

Os Estados Unidos receberão o Mundial pela segunda vez – foi palco da conquista do Tetra da Seleção Brasileira em 1994. Cinco cidades que foram sede naquele ano voltarão a ser em 2026: Los Angeles, São Francisco, Dallas, Boston e Nova Iorque. O México vai receber sua terceira Copa do Mundo da história. A primeira foi em 1970, quando o Brasil foi Tri, e em 1986, com a Argentina sendo a campeã. Já o Canadá vai estrear como sede de Mundial.  

– Em 2026, o futebol vai ser o esporte número 1 nesta parte do mundo – brincou o presidente da Fifa. 

A Copa do Mundo de 2026 será a maior de todos os tempos, em vários aspectos. Pela primeira vez, o torneio terá três sedes – com exceção de Coreia do Sul e Japão (2002), todas haviam sido disputadas em um único país. Outra mudança foi o número de partidas, que passou de 64 para 80.  

Com esse aumento, a Copa terá uma nova organização em seu modelo de disputa. Até o Mundial deste ano, as 32 seleções classificadas eram divididas em oito grupos com quatro times cada um. Os dois melhores de cada chave avançavam para as oitavas de final, depois quartas, semis, até chegar à final.  

Confira a nova divisão de vagas para o Mundial de 2026 

– UEFA (Europa): 16
– CAF (África): 9 e mais um na repescagem
– AFC (Ásia): 8 e mais um na repescagem
– Conmebol (América do Sul): 6 e mais um na repescagem
– Concacaf (América do Norte e Central): 6 e mais um na repescagem
– OFC (Oceania): 1.  

Leo Santos
613 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...

Artigos mais recentes