18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Fernando Diniz diz que Seleção Brasileira errou muito diante do Peru, mas comemora os três pontos

Marquinhos marcou o gol da Seleção
Marquinhos marcou o gol da Seleção. Foto: Vitor Silva / CBF / Divulgação

A Seleção Brasileira manteve 100% de aproveitamento nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo ao vencer o Peru por 1 a 0, fora de casa, nesta terça-feira. Marquinhos, de cabeça, marcou o gol da vitória, após escanteio cobrado por Neymar. Isso, aos 44 minutos do segundo tempo. Após a partida, o técnico Fernando Diniz comemorou o triunfo, mas admitiu que a Seleção errou demais.

Saiba como apostar em jogos de futebol

– Eu fico satisfeito com o que apresentamos na soma dos dois jogos. No jogo de hoje, era uma atmosfera diferente de Belém, no Pará. A equipe teve que fazer três gols para valer um. Teve aquela margem mínima que demorou 8 minutos para não validar o gol. Não tivemos tanta fluência, estranhamos um pouco o gramado. O que facilitou a marcação, e tivemos mais erros na parte técnica do que o normal. Muito pelo o campo, em algumas tentando jogar de foram acelerada, mas acho que o saldo foi muito positivo – disse Diniz.

– Foi um time que mereceu ganhar. Em que pesem os erros de passe, tivemos muita imposição desde o início da partida – acrescentou.

A Seleção Brasileira chegou a balançar a rede duas vezes no primeiro tempo, com Richarlison e Raphinha. Mas os gols foram anulados por impedimento.

A Seleção Brasileira volta a campo no dia 12 de outubro para enfrentar a Venezuela, em Cuiabá. O jogo seguinte é contra o Uruguai, em Montevidéu.

Os outros resultados das Eliminatórias

Bolívia 0 x 3 Argentina

Equador 2 x 1 Uruguai

Venezuela 1 x 0 Paraguai

Chile 0 x 0 Colômbia

* A Seleção Brasileira lidera a competição com seis pontos e cinco gols de saldo. A Argentina é a vice-líder com seis pontos e quatro gols de saldo.

Leo Santos
2557 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.