18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Eurocopa: Bélgica vence Portugal por 1 a 0 e vai às quartas de final

Cristiano Ronaldo está fora da Eurocopa. A seleção portuguesa foi derrotada neste domingo por 1 a 0 pela Bélgica, em Sevilla, e deu adeus à competição. Thorgan Hazard, irmão de Eden Hazard, marcou um golaço de fora da área ainda no primeiro tempo e definiu o placar. Nas quartas de final, os belgas enfrentam a Itália. Vem mais um jogão por aí.

Portugal até foi melhor do que a Bélgica durante os 90 minutos, mas faltou acertar a pontaria. Guerreiro mandou a bola na trave do goleiro Courtois nos últimos minutos da partida. Foi a última chance clara da seleção de Portugal que, vale lembrar, é a atual campeã do torneio.

Pode ter sido a última Euro de Cristiano Ronaldo, que é o artilheiro desta edição (com cinco gols) e o maior artilheiro da história do torneio.

– Tenho jogadores chorando no vestiário e, com certeza, muitos portugueses também. Estamos todos desiludidos, mas os jogadores deram tudo o que tinham, não há nada a apontar em relação a isso. Começamos mal os primeiros 10 minutos mas a partir daí pegamos jogo, criamos várias situações de gol, mas o futebol é assim. A Bélgica deu seis chutes, apenas um na direção do gol, nós fizemos 29 e acertamos duas vezes a trave. Não tenho muitas palavras para isso, sinceramente – disse o técnico português Fernando Santos à TVI24.

– Tínhamos confiança nas nossas capacidades e acreditávamos que podíamos ganhar a Euro. Não aconteceu. No futebol não há justiça ou injustiça, há quem marca e quem não marca. Os jogadores estavam cansados mas encontraram energias para compensar o menor descanso. Mas isto agora é tudo conversa – acrescentou.

A partida entre Bélgica e Itália será realizada nesta sexta-feira, às 16h (horário de Brasília), em Munique.

Eurocopa
Thorgan Hazard comemora o seu gol contra Portugal. Foto: Reprodução Twitter / seleção belga

Holanda é surpreendida e cai na Euro

A zebra do dia ficou por conta da Holanda, que foi derrotada por 2 a 0 pela República Tcheca, na Puskás Aréna, e deu adeus à competição. Holes e Schick marcaram os gols dos tchecos, que vão enfrentar a Dinamarca nas quartas de final. A partida será disputada no sábado, às 13h, no Estádio Olímpico de Baku.

O jogo começou a se desenhar para os tchecos quando o zagueiro holandês De Ligt foi expulso aos 6 minutos do segundo tempo. A partir daí, só deu República Tcheca. Aos 22 minutos, Holes abriu o placar de cabeça. Schick, aos 34, completou para o gol para marcar o segundo. Ele tem quatro gols na competição e é o vice-artilheiro.

– Taticamente foi um jogo sensacional. Eles continuaram fortes com dez, mas tivemos mais espaço para jogar. Eu tenho que parabenizar meu time. Estou muito feliz. Fizemos nosso jogo e foi incrível – analisou o técnico da República Tcheca, Jaroslav Silhavy.

Jaroslav Silhavy aproveitou para elogiar os jogadores que garantiram a classificação tcheca.

– Schick é confiante e nos ajudou em campo mais uma vez. Holes nos ajudou não só na defesa, onde parou vários ataques. Ele fez o gol e deu outra assistência. Ele é um jogador perigoso jogando atrás dos dois atacantes. Nos ajudou e foi o estrela do jogo. Ele é um jogador defensivo, mas nos ajuda no ataque. Isso é incrível – finalizou.

Os próximos jogos das oitavas de final da Euro:

  • Croácia x Espanha – Segunda-feira (28/06) – 13h – PARKEN
  • França x Suíça – Segunda-feira (28/06) – 16h – ARENA NACIONAL BUCARESTE
  • Inglaterra x Alemanha – Terça-feira (29/06) – 13h – WEMBLEY 
  • Suécia x Ucrânia – Terça-feira (29/06) – 16h – HAMPDEN PARK