18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Endrick decide, Seleção Brasileira vence a Venezuela e fica a uma vitória dos Jogos Olímpicos

Endrick e Guilherme Biro comemoram
Endrick e Guilherme Biro comemoram. Foto: Joilson Marconne / CBF / Divulgação

A Seleção Brasileira renasceu no Pré-Olímpico da Venezuela. Nesta quinta-feira, venceu a dona da casa por 2 a 1 com grande atuação de Endrick e ficou a uma vitória da classificação para os Jogos Olímpicos de Paris. O jogador do Palmeiras participou do primeiro gol (marcado por Maurício) e deu a assistência para o gol de Guilherme Biro, do Corinthians. Na última rodada do quadrangular, o Brasil vai encarar a Argentina, que ainda não venceu na fase final.

Saiba como apostar em jogos de futebol

Não foi um jogo fácil, longe disso. O Brasil voltou a jogar mal. Mas vontade não faltou para o time de Ramon Menezes, que contou com o brilho individual de Endrick para sair com os três pontos e respirar na competição.

Vale frisar que a Venezuela teve dois gols anulados pelo VAR. Dois gols bem anulados.

– Agradeço muito a Deus, porque ele tirou o gol que eu dei para a Venezuela. Eu saí jogando rápido, foi um erro meu, e Deus colocou a mão aqui e anulou o gol – disse Endrick.

A Seleção Brasileira pode se classificar para os Jogos Olímpicos de Paris até com um empate diante da Argentina, na última rodada. Mas vai ficar dependendo do resultado da partida entre Paraguai e Venezuela.

– É um clássico, não tenho boa memória da Argentina, porque quando estava na Seleção principal, perdemos para eles no Maracanã, e agora vou trabalhar de novo para se Deus quiser fazer um bom jogo contra a Argentina – finalizou Endrick.

A Seleção Brasileira pode se tornar a primeira Seleção tricampeã olímpica (seguida). Vem de duas medalhas de ouro (nos Jogos do Rio e de Tóquio).

Leo Santos
2641 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.