18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Endrick balança a rede, Palmeiras vence o Corinthians e conquista o Brasileirão Sub-20

Endrick comemora o gol do título
Endrick comemora o gol do título. Foto: IMAGO / Sports Press Photo

O jovem atacante Endrick, de apenas 16 anos, segue voando na base do Palmeiras. Neste domingo, o garoto marcou o gol da vitória do Alviverde sobre o Corinthians por 1 a 0, em Itaquera. O Triunfo deu ao Palmeiras o título do Brasileirão Sub-20. E foi um bonito gol de fora da área.

Saiba como apostar na Copa Libertadores

– É apenas mais um gol de tantos que eu faço. Tenho que agradecer a Deus por tudo o que ele faz. Não importa o time que eu estou jogando contra, eu sempre vou dar meu 100%, meu melhor, sempre procurando fazer gol para ajudar o Palmeiras, pois é o time que me acolheu, é o time que me quer, que sempre está comigo – disse Endrick.

– Então toda partida que eu fizer, eu não estou nem aí se é Dérbi, se é contra o São Paulo, se é contra o Santos, eu vou dar o meu melhor, não importa o jogo, eu vou querer fazer gol, ajudar minha equipe. Óbvio que tem aquele gostinho a mais de Dérbi, na casa dos caras, mas é agradecer a Deus, mais um gol em final, quatro finais, quatro títulos e fiz gol nessas quatro finais – acrescentou o garoto, deixando claro que não tem essa de sentir pressão com ele.

Endrick agora sonha com a estreia no profissional do Palmeiras. O garoto já ficou no banco de reservas na partida contra o Santos, pelo Brasileirão.

– Eu confio no Abel (técnico). Sei que ele gosta de mim, confio nisso. Ele sabe o momento certo de me colocar, sei que ele está comigo. Ele sabe o tempo. Acima dele tem Deus, que tem o tempo certo de tudo. Eu vou acreditar no Abel, em tudo o que ele me fala para fazer. Ele quer o melhor para mim, vou continuar treinando e me dedicando bastante para conquistar o coração dele, dos companheiros, da torcida e de todo estafe – finalizou Endrick.

Na imprensa europeia, o ânimo é gigante com as atuações de Endrick, alvo do Barcelona e do Real Madrid. O “As” disse que o jovem de 16 anos “é uma loucura”. “Endrick está fazendo mérito mais do que suficiente para que o Real Madrid e o Barcelona mantenham os holofotes sobre ele”, acrescentou.

O “Marca” diz que Endrick é o grande nome da nova geração: “Ele não é o único, mas Endrick é quem se destaca como o líder dessa geração chamada a ser a alternativa a Haaland, Mbappé…”

O “Mundo Deportivo” diz que desde Neymar a empolgação no Brasil não era tão grande com um jovem jogador: “Endrick criou uma expectativa que não era vista no Brasil desde a aparição de Neymar”.

O “Sport”, por sua vez, finaliza dizendo que Endrick está “cada vez maior”.

Leo Santos
1007 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...