18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Em jogo polêmico, Botafogo empata com o Sergipe com gol nos acréscimos e se classifica na Copa do Brasil

Adryelson comemora o seu gol com os companheiros
Adryelson comemora o seu gol com os companheiros. Foto: Vitor Silva / Botafogo / Divulgação

O Botafogo está classificado para a próxima fase da Copa do Brasil, mas foi sofrido. Põe sofrido nisso. E foi polêmico. O Alvinegro perdia para o Sergipe, fora de casa, até os 54 minutos do segundo tempo, além dos acréscimos do árbitro, quando o zagueirão Adryelson marcou o gol de empate, o gol salvador. O resultado de 1 a 1, da forma que foi, revoltou os donos casa. O presidente do Sergipe invadiu o campo para agredir a arbitragem. Acabou se machucando, após ser agredido pelo bandeirinha. Torcedores também entraram em campo para brigar. Cenas lamentáveis.

Saiba como apostar em partidas de futebol

Mas vamos falar do campo-bola. O Botafogo voltou a decepcionar. Não fez uma boa partida contra o Sergipe, que teve mais chances de gol e poderia ter saído de campo com uma vitória até tranquila. Faltou competência nas finalizações. O técnico alvinegro, Luis Castro, reconheceu a péssima atuação de sua equipe.

– Sergipe foi melhor que nós ao longo de todo o jogo, a não ser a parte que realmente sufocamos. Em qualquer escanteio poderíamos ter feito o gol. Sergipe jogou melhor e merecia vencer o jogo. Quando perco, cumprimento todos, porque acho que o futebol é feito das relações que fazemos ao longo do caminho – disse Luis Castro.

– O culpado sou eu, não são meus jogadores. Temos tentado colocar a equipe a jogar ao melhor nível e não temos conseguido. Quando não se consegue, só há uma forma, continuar a trabalhar e tentar melhorar a equipe através do treino. Assumo totais responsabilidades pelo time não jogar como eu gostaria que estivesse e como os torcedores queriam – acrescentou.

Sobre a falta de reforços, Luis Castro preferiu não se alongar.

– Não falo mais em reforços, já falei o que tinha para falar e não vou me refugiar em falta de reforços para justificar o mau momento que estamos vivendo. Vínhamos bem, há três jogos não estamos bem. Estávamos crescendo antes, mas nos últimos três jogos não estamos num bom momento. Houve um conjunto de incidências contra o Vasco que abaixou o nível da equipe, depois contra o Flamengo baixou mais um pouquinho e hoje tivemos uma atuação muito abaixo – opinou.

Na próxima fase da Copa do Brasil, o Botafogo vai enfrentar o Brasiliense, no Rio de Janeiro. Antes, neste domingo, a equipe enfrenta o Resende, pelo Campeonato Carioca. Na quinta colocação, o Alvinegro busca uma vaga no G-4 para garantir a classificação para as semifinais.

Os jogos da segunda fase da Copa do Brasil

Grêmio x Ferroviário

Brasil de Pelotas x Ponte Preta

Ituano x Ceará

CRB – Operário-MS

Botafogo x Brasiliense

Remo x São Luiz

Águia de Marabá x Goiás

CSA x Brusque

América-MG x Santa Cruz

Maringá x Marcílio Dias

Camboriú x Bahia

Coritiba x Criciúma

Atlético-GO x Volta Redonda

Náutico x Vila Nova

Ypiranga-RS x Bragantino

Vasco x ABC

Santos x Iguatu

Tombense x Retrô

Botafogo-SP x São Raimundo-RR

Nova Iguaçu x Nova Mutum

Leo Santos
2620 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.