18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Ednaldo Rodrigues é afastado da presidência da CBF pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro

Ednaldo Rodrigues deixa a presidência da CBF
Ednaldo Rodrigues deixa a presidência da CBF. Foto: IMAGO / Fotoarena

Ednaldo Rodrigues não é mais o presidente da CBF. Ele foi destituído do cargo nesta quinta-feira pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. O TJ-RJ determinou um substituto imediato (o interventor): José Perdiz, presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Vale frisar que cabe recurso por parte de Ednaldo. A princípio, em 30 dias, teremos novas eleições para a presidência da CBF.

Saiba como apostar em jogos de futebol

Ednaldo Rodrigues foi destituído porque teria assumido a presidência da CBF de forma irregular. Foram três votos a zero. Votaram pela destituição de Ednaldo o relator Gabriel Zéfiro e os desembargadores Mauro Martins e Mafalda Luchese.

Segundo Ednaldo, os ex-presidentes da CBF, Marco Polo Del Nero e Ricardo Teixeira, se juntaram para dar um golpe. A tendência é que ele recorra da decisão.

A Conmebol e a Fifa estão de olho na situação da CBF, que pode até ser punida dependendo de como for interpretada a intervenção. Os clubes brasileiros, por exemplo, poderiam ser proibidos de disputar competições internacionais.

– Quero deixar claro que isso não é uma interferência externa na CBF. Estamos nomeando alguém da justiça desportiva e não alguém externo. Portanto, não pode ser considerado interferência externa – disse Mauro Martins, segundo o site “Globoesporte.com”.

Leo Santos
2732 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.

Artigos mais recentes

Cesc Fàbregas assume como técnico do Como, da Itália

Antônio Carlos Zago não é mais o técnico da seleção boliviana