18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

In memoriam Diego: Documentário mostra a vida e obra de Diego Maradona em Nápoles

documentario faz homenagem a vida de maradona
Documentário sobre Maradona aborda a vida do craque argentino em Nápoles

A Seleção Argentina lembrou do aniversário de morte de Diego Maradona no dia 25 de novembro, durante a Copa do Mundo de 2022. O ídolo do país faleceu há dois anos, em 2020. Agora, o Apostagolos.com embarca em uma viagem pela vida da estrela do futebol argentino.

Para o documentário que pode ser visto no Youtube do Apostagolos.com, os nossos amigos do Wettbasis viajaram para Nápoles e retrataram a influência que Maradona tem nesta cidade até hoje. Lá, Maradona viveu a melhor parte da sua carreira como jogador de futebol, brilhando como estrela do Napoli.

Corrado Ferlaino, ex-presidente do SSC Napoli, comentou a influência de Diego no clube e na cidade:

– Maradona nos ajudou a recuperar importância. Para nós ele é nosso deus, o deus dos napolitanos. Claro, um deus em certo sentido. Nós amamos a memória de Maradona.

De acordo com os entrevistados, o fato de que a mudança de Maradona para Nápoles foi a decisão certa é comprovado pelos inúmeros sucessos e títulos que “El Pibe de Oro” (ou o O Menino de Ouro) conquistou durante o tempo que passou na Itália.

Altos e baixos da vida de Maradona

No vídeo, o ex-campeão mundial alemão Lothar Matthäus fala sobre os altos e baixos da lenda do futebol. Afinal, o argentino não só ganhou as manchetes no futebol, mas também na vida privada, com vários episódios bastante controversos. Por isso, o documentário também mostra os lados sombrios que o sucesso trouxe para o ídolo argentino.

Além de Lothar Matthäus, vários amigos e colegas de Maradona opinam sobre seu legado. A jornalista esportiva italiana Rosario Pastore (Gazzetta dello Sport) é uma das entrevistadas. Adicionalmente, o personal trainer do atleta, Fernando Signorini, e a empregada doméstica do jogador, Lucia Rispoli, também deram depoimentos sobre o atleta argentino.

Homenagens continuam

No primeiro episódio do documentário sobre Maradona, é possível ver que o craque continua recebendo presentes e homenagens no bairro espanhol que fica em Nápoles. Uma grande quantidade de turistas visita o local para se conectar ao ídolo do futebol argentino, levando camisas e outros objetos para essa espécie de memorial a céu aberto.

O local recebe mais visitantes que outras atrações turísticas, como o Museu Arqueológico, por exemplo.

Leia também: Chocado com a derrota da Argentina? Veja as maiores zebras da Copa do Mundo

Assista ao documentário sobre Maradona

O documentário é composto por um total de três episódios. Neles, é possível entender melhor como foi sua vida, como as pessoas mais próximas a ele se lembram do jogador de futebol e qual o seu legado na cidade onde se tornou o grande Maradona.

Confira o primeiro deles no canal do Youtube do Apostagolos.com:

Saiba mais sobre o jogador argentino

Diego Armando Maradona nasceu em 30 de outubro de 1960, em um bairro pobre de Buenos Aires, capital da Argentina. O ex-jogador morreu em 25 de novembro de 2020, com 60 anos de idade.

Maradona foi lançado no clube Boca Juniors na Argentina, quando tinha apenas 16 anos de idade. Jogou pelo Barcelona em 1982, no contrato mais caro da época com o clube. Em 1984, passou a estrelar o elenco do SSC Napoli por 13,5 milhões de dólares, valor que se consolidava como um recorde mundial naquela época.

Maradona jogou a Copa do Mundo em 1982 e foi campeão da Copa de 1986 pela Argentina. Nas quartas de final, Maradona marcou seu famoso gol “Mano de Dios”. Aliás, a bola desse lance foi leiloada em 2022 por mais de R$12 milhões. No mesmo jogo, o craque fez o Gol do Século, também chamado de “O gol mais bonito da história das Copas do Mundo”.

No total, o argentino ganhou nove troféus em sua carreira no clube de Nápoles e foi duas vezes campeão italiano com o Napoli. Além disso, marcou 311 gols em toda a sua carreira.

Marcela Medeiros
154 artigos
Marcela Medeiros é jornalista da área de economia há 10 anos. Trabalhou em grandes veículos de comunicação no Rio de Janeiro, como os jornais Ex ...

Artigos mais recentes

Corinthians vence o São Paulo, no Morumbi, e acaba com jejum de seis anos

Botafogo empresta Jeffinho ao Lyon, time de Textor na França

Neymar deve ser eleito o melhor jogador do ano pela Fifa, afirma ídolo do Manchester United